Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Regime de autonomia e gestão das escolas permitiu dar “um salto qualitativo do sistema educativo”
António Cunha manifestou a oposição do PSD a um regresso a modelos de gestão e administração do século passado.
“Sem uma escola pública de qualidade e com capacidade para nela integrar com êxito todos sem exceção, Portugal nunca será um país verdadeiramente desenvolvido nem uma democracia plena como, desde há 46 anos, muito justamente ambicionamos”. Foi recorrendo às palavras que Rui Rio proferiu no encerramento do Congresso do PSD, que António Cunha iniciou a sua intervenção, esta quinta-feira, no Plenário.
No debate de iniciativas que defendem uma revisão do regime de autonomia, administração e gestão dos estabelecimentos públicos da educação pré-escolar e do ensino básico e secundário, o social-democrata começou por recordar que a escola é um lugar de compromissos, onde os professores assumem um papel preponderante na sua consecução.
Enfatizando que os professores têm desempenhado um papel central e decisivo na transformação da escola pública no pós 25 de abril, o parlamentar afirmou que na escola, “a liderança e o projeto educativo são variáveis que influenciam o sucesso dos alunos. A liderança dos diretores e das suas equipas são fatores de primeira ordem na melhoria das escolas e tem agido em prol do sucesso dos seus alunos. Para além da qualidade e do trabalho dos professores, a liderança do diretor é o segundo fator interno à escola que mais relevância tem na consecução da aprendizagem e qualidade dos professores.”
Reconhecendo que o atual regime de autonomia e gestão das escolas não é perfeito, António Cunha acrescentou que este correspondeu a “um salto qualitativo do sistema educativo”, como é afirmando pelo Conselho Nacional de Educação.
A terminar, o social-democrata declarou que o “PSD é favorável a melhorias que assentam na experiência acumulada, mas recusa o regresso a modelos de gestão e administração do século passado. O PSD recusa que se afastem as comunidades das escolas”.

13-02-2020 Partilhar Recomendar
28-02-2020
“O défice de qualificações da população é um problema que continua bem presente”
    Para Ofélia Ramos este é talvez o desafio mais estruturante e estratégico para o futuro do país.
14-02-2020
Carla Madureira: é preciso garantir mais justiça e equidade aos docentes contratados com horários incompletos
    A deputada entende que “é tempo de o governo assumir o compromisso de garantir um tratamento justo destes profissionais”.
04-02-2020
PSD quer corrigir as injustiças na atribuição dos manuais escolares
    Cláudia André afirmou que os manuais escolares devem ser gratuitos para todos os alunos da escolaridade obrigatória ou para todas as famílias cujos rendimentos brutos anuais sejam inferiores a 40 000 euros.
04-02-2020
Ensino Superior: PSD apresenta medidas que visam garantir que a ação social chega a quem mais precisa
    Margarida Balseiro Lopes considera fundamental garantir que ninguém fica para trás.
09-01-2020
“Este é um Orçamento sem ambição, sem visão de futuro, sem estratégia, sem rumo e sem responsabilidade”
    Luís Leite Ramos fala numa “peça literária de pura ficção”.
19-12-2019
“A contabilização de todo o tempo congelado para efeitos de progressão é uma questão de elementar justiça”
    Luís Leite Ramos enfatizou que “a posição do PSD é a de sempre”.
18-12-2019
“A educação não foi nem é uma prioridade para este Governo”
    Luís Leite Ramos fala em “palco de experimentalismos, de passos irrefletidos, de precipitações e de caprichos ideológicos”.
12-12-2019
“As escolas estão em situação de extrema carência de funcionários”
    António Cunha acusou o PS de não estar interessado em resolver este problema.
10-12-2019
Rui Rio denuncia: “degradação” da escola pública deve-se às políticas socialistas
    O líder do PSD confrontou o Primeiro-Ministro com os dados do PISA.
21-11-2019
Transição Digital: governo deve estabelecer metas e prazos
    Filipa Roseta apelou à “coragem política” do executivo para “firmar, cumprir e estabelecer metas e prazos”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas