Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD pede mais investimento público nas áreas da soberania como a segurança
O apelo foi feito após uma visita a visitado uma “esquadra sem condições” em Lisboa.
Rui Rio defendeu esta quinta-feira que o Governo deve canalizar mais investimento público para as áreas de soberania, depois de ter visitado uma “esquadra sem condições” em Lisboa.
No final de uma visita de cerca de duas horas às instalações da 4.ª Divisão da PSP, na zona de Alcântara, Rui Rio disse ter escolhido uma “esquadra sem condições”, que replica muitas outras pelo país.
“Quem lá vai dentro vê que as condições em que os polícias aqui trabalham são muito fracas, reconheço a razão da PSP quando critica a forma como trabalha”, afirmou, numa iniciativa que ocorre duas semanas após uma grande manifestação das forças de segurança em Lisboa.
O líder do PSD defendeu que, desde que Portugal aderiu à União Europeia (em 1986, então CEE), “privilegiou muito o investimento público nas áreas que tinham uma participação comunitária”, o que não acontecia nem acontece nas funções de soberbia.
“Portugal tem de fazer um esforço no investimento público também nessas áreas que não têm comparticipação comunitária, mas que estão muito degradadas. Temos de fazer uma reflexão e canalizar o investimento público para áreas de soberania, designadamente a segurança e justiça”, afirmou, dizendo referir-se também aos tribunais.
Questionado se o PSD tenciona apresentar propostas nesse sentido, nomeadamente em sede orçamental, Rio defendeu que o partido apenas deve fazer propostas de “caráter simbólico”, depois de já ter afirmado noutra ocasião que o partido irá apresentar uma proposta “consentânea” com o compromisso eleitoral do partido de baixar o IVA da eletricidade de 23 para 6%.
“Em sede de Orçamento do Estado, temos de ter uma atitude responsável, não fomos nós que ganhámos as eleições, não é o nosso programa que está a ser executado, eu não poso chegar ao Orçamento do Estado e pôr lá todas as propostas que estavam no nosso programa, isso tinha um caráter até demagógico”, defendeu.
Para Rui Rio, “a oposição tem obrigação de fazer alertas e depois o Governo é que tem responsabilidade de saber como orienta o investimento público”.
Rio chamou a atenção também para o problema de habitação de muitos polícias, que são de fora do local onde trabalham, e têm de arranjar alojamento com os “baixos salários” que ganham.
“A PSP tem algumas instalações a preços razoáveis, mas de fraquíssima qualidade e pouca oferta”, apontou, apelando a que o Ministério da Administração Interna encontre uma solução para estes casos.
Rui Rio, que é também líder parlamentar do PSD, esteve acompanhado nesta visita pelo vice-presidente da bancada Carlos Peixoto e pelos deputados eleitos por Lisboa Filipa Roseta e Pedro Rodrigues.

05-12-2019 Partilhar Recomendar
06-07-2020
Bombeiros envolvidos no combate aos incêndios rurais não receberam pagamento de junho
    Para o PSD, “esta situação é lamentável, uma verdadeira vergonha para o país e um tremendo desrespeito pelos homens e mulheres que arriscam a própria vida para proteger os seus concidadãos”.
02-07-2020
“O PSD está na defesa absolutamente intransigente das nossas forças de segurança e forças policiais”
    André Coelho Lima recusa uma diminuição dos efetivos das forças e serviços de segurança.
02-07-2020
Governo respondeu ao desembarque de emigrantes ilegais com “incapacidade e incompetência”
    André Neves entende que estes casos passam aos nossos parceiros a imagem de Portugal não consegue lidar com este problema.
02-07-2020
PSD enaltece papel das forças de segurança durante a pandemia
    Sara Madruga da Costa afirmou ainda que, tal como os profissionais de saúde, as forças de segurança têm e tiveram um papel muito importante no Estado de Emergência e no Estado de Calamidade.
02-07-2020
Populações do Interior sentem-se inseguras e desprotegidas
    Duarte Marques afirma que este sentimento é consequência da cada vez menor presença de efetivos das forças de segurança.
26-06-2020
Dívidas do Governo aos bombeiros podem fazer perigar a capacidade operacional das corporações
    Cancela Moura apelou ao Governo para que pague os 30 milhões euros que deve aos bombeiros.
23-06-2020
Voos da Sevenair: Finanças atrasam pagamentos aos agentes da GNR que prestam serviço nos aeródromos
    Para o PSD, é “inaceitável que estes serviços gratificados em aeródromos estejam com um atraso de 18 meses”.
04-06-2020
Governo voltou a tributar as compensações e subsídios auferidos pelos bombeiros voluntários
    Jorge Paulo Oliveira recorda que a isenção, criada em 2013 pelo PSD, foi retirada em 2017 pelos socialistas.
26-05-2020
Faltam meios aéreos no combate a incêndios pelo quarto ano consecutivo
    O PSD acusa o Governo de não colocar à disposição das populações os meios aéreos necessários de combate a incêndios nos distritos de Braga, Portalegre, Setúbal e Beja.
18-05-2020
Condições das forças de segurança, PSD quer ouvir os responsáveis da PSP e GNR
    O PSD considera que este é o momento para se fazer uma análise e um balanço acerca das condições que foram e são proporcionadas às forças de segurança para exercerem cabalmente as suas funções.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas