Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Fernando Negrão confronta António Costa com a situação de rutura nos transportes
O líder parlamentar do PSD referiu-se ainda à distribuição de bónus pela TAP, ao mesmo tempo em que a empresa regista 100 milhões de euros de prejuízos.
O líder parlamentar do PSD confrontou António Costa com a situação de rutura nos transportes públicos. No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, Fernando Negrão dedicou grande parte da sua intervenção à situação dos transportes públicos, questionando por que razão o Governo não conseguiu responder à medida de redução do preço dos passes sociais com “mais respostas nos transportes”. “O que é que aconteceu, terão sido as eleições?”, perguntou o parlamentar ao governante.
Desafiado pelo Primeiro-Ministro a esclarecer se o PSD é a favor ou contra a redução do preço dos passes, Fernando Negrão recordou que os sociais-democratas apresentaram, no âmbito da discussão do no último Orçamento do Estado, “uma proposta para baixar os passes sociais em todo o território nacional”, adiantando que essa proposta foi chumbada pela bancada do PS e pela restante esquerda. Proposta diferente, refere Negrão, foi a aprovada pela esquerda e que se centrou apenas em Lisboa e Porto, mas não acompanhada das medidas necessárias para proporcionar aos portugueses transportes para que eles possam chegar a tempo e horas ao trabalho e a casa e os sacrifícios que faziam ficaram duplicados. “Aconselho-o vivamente a ir fazer uma viagem do Barreiro para Lisboa de manhã ou de Lisboa para o Barreiro ao fim da tarde, juntamente com os portugueses que não têm condições e que fazem sacrifícios por haver manifesta falta de transportes”.
De seguida, o líder parlamentar do PSD recordou que, na semana passada, o Ministro das Infraestruturas até pediu desculpas pela situação da CP e António Costa, na qualidade de secretário-geral do PS, admitiu “situações inaceitáveis” e que exigiam “soluções imediatas” nos serviços públicos. “Aparentemente foram passos de grande humildade, mas só para quem está distraído, a vossa resposta tem sido que o PSD faz política de casos e recusam-se a responder”, criticou, desafiando o Primeiro-Ministro a dizer o que vai fazer e quando para “resolver os problemas que nas suas palavras precisam de solução imediata”.
Fernando Negrão abordou ainda a questão da TAP. Recordado que em 2016 o governo encetou um processo de reversão do processo de privatização da TAP, com o estado a ficar com 50% da empresa, o social-democrata lembrou que na altura o Primeiro-Ministro garantiu que o governo não pretendia intervir na gestão executiva da TAP. “O Tribunal de Contas criticou a recompra da companhia pelo Estado, que continua a não mandar apesar de ser o maior acionista. Assume mais riscos que os privados e é o único responsável pela dívida. Hoje sabemos que a TAP tem 100 milhões de euros de prejuízos e que distribuiu bónus muito significativos por alguns dos seus gestores internos. O que fez o governo? limitou-se a acusar e a criticar esta distribuição de bónus”. Dirigindo-se António Costa, Negrão perguntou se o governante continua a achar que valeu a pena esta reversão, ou se “foi apenas para entreter o BE e o PCP”.

06-06-2019 Partilhar Recomendar
10-07-2019
Governo de António Costa é “inimigo do investimento público”
    Emídio Guerreiro disse ao Primeiro-Ministro que “o governo ficará para a história como o que menos investiu”.
05-07-2019
PSD defende a suspensão imediata da linha circular do metro de Lisboa
    De acordo com Carlos Silva, os sociais-democratas querem também que se proceda à realização de estudos técnicos e de viabilidade económica para a futura expansão da rede.
21-06-2019
Carlos Silva traça cenário caótico nos transportes públicos
    O social-democrata recorda que “nunca os utentes tiveram tantos horários suprimidos”.
05-06-2019
Passes sociais: uma boa medida, com um mau modelo
    António Costa Silva enfatizou que não é por se repetir muitas vezes a mentira de que o PSD é contra os passes sociais que essa mentira se torna verdade.
05-06-2019
Jorge Paulo Oliveira: dependência energética aumentou com este governo
    O deputado afirmou que a realidade não coincide com o discurso do governo de combate às alterações climáticas.
05-06-2019
Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes tem registado problemas crescentes
    Considerando que esta até era uma boa ideia, Paulo Rios de Oliveira afirmou que este Programa é todos os dias notícia pelos maus motivos.
05-06-2019
Transportes: reclamações apresentadas pelos utentes no Porto aumentaram 93%
    Germana Rocha considera que estes números demonstram uma notória falta de soluções e resultam do mais baixo investimento público de que há memória.
05-06-2019
Retirada de bancos dos transportes públicos não preocupa o Secretário de Estado “que continuará a andar no seu carrinho”
    Bruno Vitorino criticou a postura do executivo e traçou um cenário negro dos transportes na região de Setúbal.
05-06-2019
PSD vai apresentar ao país um plano de emergência para o setor dos transportes
    Carlos Silva sublinhou que os sociais-democratas pretendem dar resposta à degradação do serviço público de transporte de passageiros.
31-05-2019
Governo sabia que estava a “enganar os portugueses” quando fazia cativações
    Fátima Ramos recordou as consequências das cativações nos transportes públicos.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas