Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer que o governo incremente medidas que permitam a melhoria da capacidade de resposta a situações de violência doméstica
Sandra Pereira apresentou o Projeto de Resolução do PSD.
“Este ano, no nosso País, já morreram 12 mulheres assassinadas em contexto familiar, o que representa um acréscimo face aos números registados no mesmo período no ano anterior, e significa que este fenómeno, lamentavelmente, está longe de diminuir. Exigem-se esforços reiterados e contínuos no seu combate e prevenção”. Foi com estas palavras que Sandra Pereira iniciou a sua intervenção, esta sexta-feira, na apresentação do Projeto de Resolução que recomenda ao Governo a urgente concretização de medidas para a prevenção e combate à violência doméstica.
De acordo com a deputada, esta iniciativa contém medidas concretas e específicas instando o governo a agir de imediato por forma a tornar o sistema mais eficiente. “É preocupante que a maioria das vítimas mortais que ocorreram este ano já estavam devidamente sinalizadas pelo sistema. A maior parte das questões sinalizadas têm sido igualmente identificadas por especialistas, diversas entidades públicas, e não carecem necessariamente de grandes inovações ou alterações legislativas, mas passam essencialmente pela boa execução da Lei existente e por o empenhamento político do Governo em conformar a transversalidade destas políticas para uma ação comum e concertada e isso não tem sido feito. Teria sido mais profícuo se o Governo, durante estes três anos, implementasse medidas ao nível da coordenação e articulação de serviços, em vez de andar sistematicamente em assinaturas de protocolos, em vez de criar grupos de trabalho para estudar, analisar e diagnosticar”.
Tendo em conta reste cenário, Sandra Pereira frisou que “temos de passar à ação. O que é preciso é mais ação e menos propaganda. Mais luta, e menos luto”.


15-03-2019 Partilhar Recomendar
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
07-11-2019
“A trabalho igual deverá sempre corresponder remuneração igual”
    Sandra Pereira declara que a disparidade salarial entre homens e mulheres representa uma “desigualdade estrutural inaceitável com que o PSD jamais se conformará”.
07-11-2019
PSD assume a presidência de cinco comissões parlamentares permanentes
    Luís Marques Guedes, António Topa, Firmino Marques, Pedro Roque e Fernando Ruas são os nomes indicados pelos sociais-democratas.
30-10-2019
Sandra Pereira diz que Programa do Governo “é uma completa desilusão” em matéria de violência doméstica
    A deputada refere que o Programa “é curto, vago, impreciso, não estabelece objetivos e não apresenta medidas concretas”.
05-04-2019
PSD favorável à revisão global da linguagem utilizada nas convenções internacionais relevantes em matéria de direitos humanos
    Teresa Leal Coelho recordou que esta iniciativa resulta de uma resolução do PSD e enfatizou que os sociais-democratas pretendem ir mais longe nesta matéria.
13-03-2019
Sandra Pereira considera que precisamos de 365 dias de luta contra a Violência Doméstica
    A deputada reiterou o desafiou do PSD para que se encontrem respostas eficazes para as vítimas.
08-03-2019
Dia da Mulher: “só com o envolvimento de todos conseguiremos remover barreiras e criar uma sociedade mais paritária”
    Laura Magalhães sublinha que “não é o género que dita a capacidade ou competência de um indivíduo”.
07-03-2019
“As vítimas de violência doméstica precisam que o governo ofereça 365 dias de luta para erradicar este flagelo”
    Sandra Pereira reafirmou o compromisso do PSD de combater todas as formas de violência.
08-02-2019
“PSD defende acerrimamente o princípio do aumento da participação das mulheres na vida pública e política”
    Carlos Peixoto frisou que a aprovação da lei da paridade nos órgãos do poder político só foi possível graças à moderação, equilíbrio e sensatez do PSD.
26-10-2018
Projeto do BE que cria os Juízos de Violência Doméstica “é inconstitucional”
    Segundo Carlos Abreu Amorim estamos perante “um desacerto jurídico e um equívoco político”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas