Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD exige fim da discriminação dos beneficiários da ADSE na Madeira
O anúncio foi feito pela deputada Sara Madruga da Costa.
Sara Madruga da Costa anunciou, no final de uma reunião no Funchal com o Presidente do IASAUDE, IP RAM, que os deputados do PSD na Assembleia da República vão exigir ao Governo da República o fim da discriminação dos beneficiários da ADSE na Madeira e obrigar o Governo Central a assumir o pagamento dos fármacos nos mesmos moldes que a partir de 1 de janeiro se aplicam aos beneficiários da ADSE no continente.
O PSD vai exigir ao Ministro das Finanças e à Ministra da Saúde a correção imediata da injustiça e obrigar o Governo da República a uma clarificação e a abranger a Madeira.
Em causa está o Decreto – Lei n.º 124/2018, de 28 de dezembro que entrou em vigor a 01 de janeiro e deixa a Madeira de fora.
Sara Madruga da Costa não compreende porque motivo o Governo da República deixou novamente de fora a Região.
“O Governo da República podia e devia ter aproveitado esta oportunidade para clarificar a responsabilidade financeira dos subsistemas públicos de saúde dos beneficiários da ADSE residentes na RAM, mas em vez disso preferiu manter a discriminação com a Região Autónoma da Madeira. e resolver apenas a faturação das entidades do SNS – Serviço Nacional de Saúde.
Não podemos aceitar que o Governo central assuma no continente o pagamento das consultas, meios complementares de diagnóstico e fármacos aos beneficiários da ADSE aí residentes e que na Madeira, não assuma o pagamento dos fármacos, obrigando o Governo Regional a assumir esse pagamento, sem a correspondente transferência de verba nacional.
Não existe qualquer fundamento para a discriminação existente, até porque à semelhança dos beneficiários da ADSE residentes no continente, os da Madeira descontam todos os meses 3,5% dos seus vencimentos para o Governo central, em idênticas condições aos beneficiários do continente” disse.
O PSD exige assim ao Governo da República que corrija esta injustiça, alterando a legislação no sentido da clarificação de que os beneficiários da ADSE na Região Autónoma da Madeira beneficiam dos mesmos direitos do que os do continente e por isso o pagamento dos fármacos deve ser assumido por verba nacional e não regional.
Os deputados do PSD reclamam ainda ao Governo da República, o pagamento da dívida ao SESARAM, dívida esta devida pela prestação dos cuidados de saúde aos serviços da República na Região lamentando que esta situação não tenha sido também clarificada e regularizada no Decreto – Lei n.º 124/2018, de 28 de dezembro.
“O Decreto – Lei n.º 124/2018, de 28 de dezembro, comprova infelizmente aquilo que temos vindo a dizer há três anos, o Governo da República não tem qualquer vontade em clarificar a prestação dos cuidados de saúde dos serviços da República na Região (Administração Interna, Justiça e Defesa Nacional) porque se o tivesse tinha aproveitado este diploma para fazê-lo”, referiu Sara Madruga da Costa.
“Através do referido diploma, o Governo da República, não só clarifica as relações financeiras entre o SNS e os beneficiários dos subsistemas públicos de saúde da Defesa Nacional e da Administração Interna, como também afeta ao Orçamento do SNS, um valor anual compensatório, deixando a Madeira novamente de fora”.

25-01-2019 Partilhar Recomendar
21-03-2019
PSD exige reforço dos funcionários aduaneiros na Madeira e no Porto Santo
    Os sociais-democratas consideram esse reforço crucial para minimizar os impactos do Brexit na Região.
14-03-2019
Deputados contestam exclusão da Madeira da criação de gabinetes de Atendimento a Vítimas de Violência de Género
    Os sociais-democratas querem explicações do Primeiro-Ministro sobre esta opção.
08-03-2019
Sara Madruga da Costa defende alargamento da mobilidade especial interna aos profissionais de saúde da Madeira
    A deputada considera que não é compreensível que PS, BE e PCP continuem a impedir a continuidade territorial.
27-02-2019
“Governo tem utilizado todos os expedientes possíveis para adiar a resolução de assuntos muito importantes para a Madeira”
    A acusação foi deixada por Sara Madruga da Costa no debate sobre Saúde.
27-02-2019
Madeira é um “exemplo” na resolução da contagem do tempo de serviço dos técnicos de diagnóstico e terapêutica
    A consideração foi deixada por Sara Madruga da Costa após reunir com a Associação dos Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica da Madeira.
21-02-2019
Deputados da Madeira protestam contra a exclusão da Região do Programa Nacional de Apoio à Redução Tarifária nos transportes públicos
    Os parlamentares consideram que “é incompreensível que a Região tenha ficado, uma vez mais, fora de um programa nacional de apoio.”
21-02-2019
Ministra da Saúde foge às questões sobre o novo Hospital da Madeira
    Os deputados eleitos pela Região acusam o governo de estar a adiar a resposta às questões para fugir às responsabilidades que tem nesta matéria.
21-02-2019
PSD quer ver estudada a otimização da operacionalidade do Aeroporto Internacional da Madeira
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pelo deputado Paulo Neves.
15-02-2019
Governo empata esquadra da Ponta do Sol com mudança do local
    Sara Madruga da Costa afirmou que “existe uma estratégia para adiar a resolução deste problema”.
07-02-2019
“PS e PCP abandonam trabalhadores dos matadouros da Madeira”
    A acusação foi deixada por Sara Madruga da Costa após uma visita ao Centro de Abate da Região Autónoma da Madeira.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas