Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Fernando Negrão acusa Governo de estar a “destruir o Serviço Nacional de Saúde”
O líder da bancada do PSD lamentou a desumanidade e insensibilidade social manifestada pelo Primeiro-Ministro.
Fernando Negrão desafiou hoje o Primeiro-Ministro a esclarecer se se revê nas críticas de Carlos César ao BE no caso do bairro da Jamaica. No debate quinzenal na Assembleia da República, Fernando Negrão defendeu que existe hoje em Portugal “um problema de segurança pública”, depois de vários episódios de violência nas últimas noites na Grande Lisboa, que se seguiram a uma intervenção policial no domingo no bairro da Jamaica, no Seixal.
“Não posso deixar passar em branco a precipitação insultuosa do BE contra a PSP, de tal forma que o próprio líder da bancada do PS veio dizer que este partido estava a perturbar a intervenção das forças da ordem. O senhor Primeiro-Ministro revê-se nestas declarações?”, questionou o líder da bancada do PSD.
Perante a concordância manifestada por António Costa, Fernando Negrão considerou que “fica então claro que o BE está a perturbar a intervenção das forças da ordem e isso deve ser condenado, ao contrário do PCP que tem uma posição corretíssima nesta matéria”.
De seguida, o líder da “bancada laranja” voltou a levar a debate o tema da saúde, nomeadamente os dados referentes à mortalidade infantil e à falta de medicamentos.
De acordo com o deputado, esta semana soubemos que os dados referentes à mortalidade infantil pioraram, sendo que este é um dos itens mais importante para aquilatar o grau de desenvolvimento do país. “De 2017 para 2018 ocorreu um aumento de 26% da taxa de mortalidade infantil, morreram mais 60 crianças no primeiro ano de vida no ano passado que no anterior. Por favor, não se esconda em estatísticas, em confirmações, em adiamentos e diga o que está a ser feito para inverter esta tendência”, desafiou o parlamentar.
Depois de acusar o governo de estar a destruir o SNS, Fernando Negrão afirmou que de acordo com a Associação Nacional de Farmácias “em 2017 faltaram 48,3 milhões de embalagens aos doentes e acrescenta em que 2018 faltaram 64,1 milhões de embalagens, ou seja, bem mais que no ano anterior. Algumas dessas embalagens são consideradas essenciais pela Organização Mundial da Saúde e colocam os doentes em risco. O que se passa? O que faz o governo para evitar esta situação?”
Perante a resposta irónica do Primeiro-Ministro, Fernando Negrão declarou que ficou provado que “o governo não tem resposta para os problemas dos portugueses” e lamentou a “desumanidade” de António Costa. “O senhor tem pelos no coração, isto quer dizer que é insensível, o senhor tem um discurso neoliberal. O senhor não quer dar resposta aos doentes do nosso país”, atacou o social-democrata.
25-01-2019 Partilhar Recomendar
04-07-2019
PSD disponível para contribuir para uma boa lei sobre ensaios clínicos de medicamentos para uso humano
    Sublinhando a inegável complexidade da matéria, Isaura Pedro sinalizou matérias que merecem uma ponderação cuidada.
04-07-2019
Regime jurídico do acesso ao direito e aos tribunais nunca foi prioritário para o governo
    Andreia Neto adianta ainda que a proposta do executivo menoriza os advogados portugueses.
04-07-2019
Ao final de quatro anos, governo começa finalmente a identificar problemas
    Sara Madruga da Costa falava a propósito dos problemas no Instituto Nacional de Medicina Legal e nas perícias medico legais em Portugal.
04-07-2019
“Portugal continua a figurar nos relatórios internacionais como um mau aluno em matéria de combate à corrupção”
    Rui Cruz refere que o governo “não soube, ou não quis, dar mais força, profundidade e eficácia à investigação criminal”.
04-07-2019
Proposta do processo de inventário foi prometida durante 4 anos
    Emília Cerqueira considera que, ao apresentar a proposta nos últimos dias dos trabalhos parlamentares, o governo demonstra que afinal não o pretendia aprovar.
02-07-2019
“Este governo é o campeão da destruição dos serviços públicos”
    Clara Marques Mendes afirmou que “o Governo fala dos pobres, mas desfavorece-os; prega a solidariedade, mas não a pratica”.
27-06-2019
Saúde: Miguel Santos considera que “foram 4 anos perdidos”
    O social-democrata considera que são 4 anos que vão ser muito complicados de recuperar.
27-06-2019
Saúde: “governo falha todos os dias para com os cidadãos mais vulneráveis”
    Ricardo Baptista Leite sublinhou que “quem não vai ao terreno, quem não fala com os doentes, quem não ouve os profissionais, nunca poderá ter noção das dificuldades dos cidadãos, nem de como governar adequadamente o país”.
27-06-2019
“Não há! Não há! Não há!” é a palavra de ordem no setor da Saúde
    Ângela Guerra fez eco das inúmeras falhas no sector e das consequências para os portugueses.
21-06-2019
Não é aceitável que em pleno século XXI os utentes do Hospital de Évora não tenham acesso a água quente
    Miguel Santos enfatiza que isto “não é aceitável” e desafiou o Secretário de Estado a ir ver o que se passa.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas