Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer colocar as Instituições de Ensino Superior a trabalhar em cooperação com o sistema de proteção de crianças e jovens em risco
Laura Magalhães defende a criação de uma linha de financiamento com esse objetivo.
Laura Magalhães apresentou o Projeto de Resolução do PSD que visa criar uma linha de financiamento para Instituições de Ensino Superior trabalharem em cooperação com o sistema de promoção e proteção de crianças e jovens em risco ou perigo, para o desenvolvimento de estudos, formação, de avaliação da qualidade, de monitorização e implementação de programas de ação.
Segundo a parlamentar, o paradigma de ação mudou e a realidade portuguesa carece de respostas específicas que promovam competências parentais de melhoria e reforço das relações intrafamiliares. “É preciso desenvolver intervenções que proporcionem mais formação no contexto das práticas profissionais. Há necessidade de desenvolver abordagens sistémicas, transformadoras e promotoras da capacitação familiar, criando e desenvolvendo programas específicos de ação que respondam às necessidades individualizadas das famílias, e às multiproblemáticas que vão emergindo”.
Recorda a deputada que os relatórios da Comissão Nacional de promoção dos direitos e proteção das crianças e jovens, assim como os relatórios da Caraterização da Situação de Acolhimento, vêm realçando a necessidade de dar especial atenção às abordagens técnico-educativas, para que estas respondam às necessidades particulares e individualizadas dos sujeitos envolvidos.
Assim, considera Laura Magalhães, “é preciso capacitar e otimizar a práxis nas diversas valências sociais, incentivando e apoiando a práticas mais adaptadas e voltadas para a interação com as famílias. Mas também é preciso rever a missão e a estrutura organizativa das instituições face às atuais necessidades, operacionalizar a especialização das instituições de acolhimento que está contemplada na Lei, diferenciar perfis de atuação garantindo padrões de qualidade, investir de forma continuada na formação e capacitação dos cuidadores que tem merecido pouca atenção. E apostar de uma vez por todas na implementação do Acolhimento Familiar”. A terminar, a social-democrata admitiu que Portugal tem uma boa lei, mas acrescentou que precisa de mais ação. “Uma ação que responda às necessidades individualizadas de cada família. Não podemos permitir que continuemos refugiados na premissa de que não há meios. Se não há meios, então que sejam criadas as condições para que eles possam existir. O desafio da mudança de paradigma necessita da cooperação das diferentes entidades envolvidas e a ciência tem de estar de mãos dadas com todo o processo, tem de ser a âncora do sistema de promoção e proteção”, referiu.

10-01-2019 Partilhar Recomendar
03-07-2019
Duarte Marques: “não tem existido transparência na política da Ciência”
    A crítica do social-democrata foi deixada no debate da iniciativa que visa criar um sistema de recolha, registo e análise de dados sobre a ciência e tecnologia.
28-06-2019
Ciência e Inovação: “é lamentável ver tanta oportunidade perdida”
    Margarida Mano lembra que até o próprio Ministro assinou um manifesto contra a sua política.
28-06-2019
Foram 4 anos desastrosos para os investimentos em infraestruturas científicas e tecnológicas
    António Costa Silva fala em “incompetência” de um governo que tinha acesso a fundos comunitários no Portugal 2020 que financiam a 85% estes investimentos.
28-06-2019
Álvaro Batista: “o governo falhou no emprego científico”
    No balanço da governação das esquerdas, o social-democrata sublinhou que o dinheiro nunca chegou para as encomendas.
28-06-2019
Liliana Silva reitera apoio do PSD aos laboratórios colaborativos
    A deputada referiu que a criação de redes colaborativas sociais, empresariais e educacionais que aproveitam o nosso capital humano e respetivo conhecimento para o colocar ao serviço da sociedade, é uma matriz que o PSD defende.
28-06-2019
Duarte Marques: investimento em ciência é menor do que o de 2013
    O parlamentar lamenta a “inexistência de uma política de ciência em Portugal”.
28-06-2019
Inovação: Portugal está na “3ª divisão” fruto da “navegação à vista” do governo
    Nilza de Sena contrariou a visão socialista de que estar na “3ª divisão” é um sucesso.
27-03-2019
Universidades e Politécnicos podem ser uma alavanca para aumentar a coesão entre regiões
    Nilza de Sena considera que o executivo “falhou redondamente” na diminuição destas desigualdades.
27-03-2019
Ensino Superior: PSD quer que o governo crie um regime de incentivos para os estudantes lusodescendentes e portugueses emigrados
    José Cesário lamenta que das 3500 vagas, apenas 247 tenham sido ocupadas no último concurso.
27-03-2019
PSD defende clarificação do que são as despesas de frequência do Ensino Superior
    Duarte Marques adiantou que os sociais-democratas defendem que se o estudante já paga uma propina, há um conjunto de exercícios que o Estado não pode cobrar.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas