Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Governo deve dotar os tribunais de mais meios, mais juízes, mais procuradores e mais funcionários judiciais
Sara Madruga da Costa considera que de outra forma não vai ser possível ultrapassar os atuais problemas do sector.
Sara Madruga da Costa afirmou, esta quarta-feira, que os tribunais administrativos e fiscais têm assumido uma cada vez maior preponderância na regulação da vida social. No debate da Proposta de Lei que visa altera os regimes processuais no âmbito da jurisdição administrativa e tributária, a deputada começou por recordar que, nas últimas duas décadas, esta jurisdição tornou-se uma importante arena judicial, onde se discutem importantes direitos fundamentais dos cidadãos ou a fronteira entre os poderes político e judicial. “Ao longo dos anos tem existido uma incessante busca pelo «Santo Graal» da eficiência e da celeridade na justiça administrativa, mas até ao momento os objetivos reformistas do governo estão ainda, na nossa opinião, muito longe de serem alcançados, dado o congestionamento e a ineficiência dos tribunais administrativos”, afirmou.
De seguida, a social-democrata afirmou que o PSD concorda com a tramitação eletrónica do processo judicial, no entanto considera que estas alterações processuais constituem ainda pequenos passos. “Passos esses que são insuficientes, por si só, para o aumento da eficiência, da celeridade e da capacidade da resposta da jurisdição administrativa e fiscal. A resolução dos atuais problemas, exigem que o governo dote os tribunais de mais meios, mais juízes, mais procuradores e mais funcionários judiciais. Mas para isso, tem de existir em primeiro lugar «justiça para quem nela trabalha». O governo tem de se sentar na mesa das negociações com os diferentes operadores judiciários, estar disponível para rever os seus estatutos e refletir sobre as razões do descontentamento que grassa na justiça”.
A terminar, Sara Madruga da Costa declarou que se impõe ao governo uma maior valorização da justiça administrativa. “Se há área onde é ainda mais evidente o que a lentidão faz e onde a justiça tardia deixa de ser justiça é no direito administrativo e fiscal. Justiça e celeridade precisam-se”, concluiu a deputada.

09-01-2019 Partilhar Recomendar
07-07-2010
Deputados do PSD questionam Ministro da Justiça
    Teresa Morais e Hugo Velosa colocaram questões relacionadas com o “apagão” do número de crimes com armas de fogo, o sistema prisional e as fugas ao segredo de justiça.
06-07-2010
PSD defende mais transparência nas estatísticas criminais
    Deputados do PSD querem que o Ministério da Administração Interna preste esclarecimentos sobre esta matéria.
30-06-2010
“O programa informático da justiça em vez de resolver problemas tem sido um problema”
    Teresa Morais recordou o recente apagão das estatísticas relativas aos crimes praticados com armas.
28-06-2010
Carlos Peixoto levanta dúvidas sobre as discrepâncias dos valores estimados para a Construção de Estabelecimentos Prisionais
    Social-democrata pediu esclarecimentos ao Ministro da Justiça.
24-06-2010
Jovens deputados realizaram Audiência Pública com Estudantes de Direito e Advogados-Estagiários
    A iniciativa da JSD contou com a presença dos deputados jovens do PSD na Assembleia da República e com Estudantes de Direito e Advogados-Estagiários
15-06-2010
Conselho Superior de Magistratura ouvido na Assembleia da República
    Hugo Velosa colocou um conjunto de questões sobre o segredo de justiça e a prisão preventiva.
14-06-2010
Suspeita de recurso a outsourcing na correcção das provas de acesso ao Centro de Estudos Judiciários levanta dúvidas
    Jorge Bacelar Gouveia pediu esclarecimentos ao Ministro da Justiça sobre esta matéria.
02-06-2010
Conselho Superior do Ministério Público ouvido no Parlamento
    Sociais-democratas colocaram questões sobre o Segredo de justiça, Reforma do Processo Penal e Revisão Constitucional
27-05-2010
PSD dá hipótese ao PS de alterar “aberração jurídica” relativa ao crime continuado
    Em causa está a norma aprovada pelo PS que permite que um indivíduo que cometa vários crimes de violação sobre uma mesma pessoa seja pudido apenas por um crime.
27-05-2010
José Pedro Aguiar-Branco e Fernando Negrão questionam Procurador-Geral da República
    Em causa está o destino dos despachos de arquivamento proferidos no âmbito do processo de acompanhamento «n.º 62/2009 – Livro H», que envolve o Primeiro Ministro. Os deputados querem que as últimas duas respostas dadas pelo Procurador-Geral da República em relação a este processo sejam desclassificadas [foram classificadas como «confidenciais» perante os serviços da Assembleia da República], de modo a que possam ser “integralmente disponibilizadas no respectivo site e estar, desse modo, acessíveis a todos os cidadãos, incluindo os senhores jornalistas”.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas