Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“O PSD deu um contributo significativo para uma nova era na valorização da justiça administrativa em Portugal”
Contudo, Sara Madruga da Costa frisou que ainda há muito a fazer para acabar com o congestionamento e com a morosidade da justiça.
O Parlamento apreciou, esta quarta-feira, uma Proposta de Lei do governo sobre a alteração ao Estatuto dos Tribunais Administrativos e Fiscais. Sara Madruga da Costa, participando no debate em nome do PSD, começou por recordar que nos últimos vinte anos foram inúmeras as alterações legislativas e as iniciativas tomadas com o propósito de melhorar e agilizar a eficiência e a celeridade da jurisdição administrativa e fiscal. Recorda a parlamentar que em 2015 “o PSD deu um contributo significativo para uma nova era na valorização da justiça administrativa em Portugal, com a revisão do Código de Procedimento Administrativo, do Estatuto dos Tribunais Administrativos e Fiscais e com o Código de Processos nos Tribunais Administrativos. Estas reformas foram fundamentais para a melhoria e para a modernização do sistema jurídico administrativo e fiscal, foram imprescindíveis para uma maior confiança na justiça e para uma Administração mais aberta, mais transparente e mais eficiente”.
Manifestando a disponibilidade do PSD para contribuir para a melhoria da justiça administrativa e fiscal, a social-democrata deu a conhecer a concordância do PSD com a Proposta, já que reconhece um dos principais problemas da justiça administrativa: os atrasos e o congestionamento dos tribunais administrativos e fiscais. “Para além de ter o mérito de tentar encontrar soluções para melhorar a eficiência dos tribunais e os atrasos através da especialização dos tribunais, princípio este da especialização há muito defendido pelo PSD.
Aliás estamos perante um decalque ou uma cópia do que foi levado a cabo pelo governo do PSD nos tribunais comuns”.
Contudo, adianta Sara Madruga da Costa, a grande questão que se coloca é a de saber se a presente proposta é suficiente para atingir os objetivos pretendidos em matéria de recuperação de pendências processuais e para que num futuro os processos sejam decididos em prazos razoáveis. “Temos muitas dúvidas que a presente proposta do governo vá ao fundo do problema. Há um consenso sobre o diagnóstico da justiça administrativa e fiscal em Portugal, é conhecido o défice de juízes, de procuradores e funcionários judiciais e as carências dos tribunais administrativos. A resolução dos atuais problemas, não parece depender única e exclusivamente de uma revisão da legislação ou de uma verdadeira reforma da justiça, mas da necessidade de dotar os tribunais de mais meios, mais juízes, mais procuradores e mais funcionários judiciais e da recuperação das pendências dos processos mais antigos”.
A terminar, Sara Madruga da Costa frisou que é preciso fazer muito mais para acabar com o congestionamento e com a morosidade da justiça administrativa e fiscal. “O contencioso administrativo é fundamental para o exercício dos direitos fundamentais dos cidadãos”, referiu.

09-01-2019 Partilhar Recomendar
16-01-2019
“Os advogados estagiários não podem ser os «novos escravos»”
    Sandra Pereira considera que “o país deve refletir sobre as condições de exercício da advocacia”.
16-01-2019
PSD não desiste da criminalização do enriquecimento ilícito
    Andreia Neto refere que o PSD não se cansará de continuar a procurar uma solução para criminalizar esse tipo de comportamentos.
11-01-2019
Sandra Pereira: “os crimes sexuais merecem o nosso mais profundo repúdio”
    No debate sobre alterações ao Código Penal a deputada alertou que manda a prudência que as alterações legislativas não se façam “a reboque da pressão mediática”.
10-01-2019
“A propriedade Intelectual assume hoje um papel de enorme relevância para o crescimento económico”
    A afirmação foi proferida por Andreia Neto, que defendeu ainda o alargamento das competências do Tribunal da Propriedade Intelectual.
09-01-2019
Emília Cerqueira sublinha a importância do reforço dos direitos dos menores suspeitos ou arguidos
    A deputada defende uma intervenção mais precoce no sentido de proteger estes jovens.
09-01-2019
Governo deve dotar os tribunais de mais meios, mais juízes, mais procuradores e mais funcionários judiciais
    Sara Madruga da Costa considera que de outra forma não vai ser possível ultrapassar os atuais problemas do sector.
04-01-2019
“Governo caiu na tentação de converter a Autoridade Tributária numa espécie de agência-geral de cobranças”
    Carlos Abreu Amorim enfatizou que o PSD não colaborará para o enfraquecimento da AT.
04-01-2019
Processos de institucionalização de crianças e jovens em risco devem ter sempre em conta o superior interesse da criança
    Andreia Neto defendeu que este tema deve ser debatido de forma mais alargada e associado a outros temas que também estão em processo de revisão.
03-01-2019
PSD favorável à criação do regime do exercício profissional dos criminólogos
    Contudo, Joana Barata Lopes lembrou que era ao governo que competia legislar sobre esta matéria.
07-12-2018
PSD pede audição da Ministra da Justiça sobre motim na prisão de Lisboa
    Os sociais-democratas consideram que o incidente é "um corolário da falência" no sistema prisional.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas