Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Governo tardou na alteração ao regime do exercício da atividade de segurança privada
Luís Marques Guedes afirmou que a expetativa criada com a demora “acabou gorada”.
No debate da Proposta de Lei do governo que visa alterar o regime do exercício da atividade de segurança privada e da autoproteção, Luís Marques Guedes recordou que esta é uma revisão que tardou, criando com isso uma expectativa de um trabalho profundo por parte do governo. Contudo, adianta o parlamentar, essa expectativa “acabou gorada”.
Pese embora o desalento manifestado pelo social-democrata, Marques Guedes reconheceu que existem alguns aspetos positivos na Lei, como por exemplo o reforço descomplexado dos mecanismos de vídeo vigilância, o alargamento dos serviços que podem ser prestados em regime de autoproteção, a obrigatoriedade de um sistema de alarmística às forças de segurança e o reforço da responsabilização e profissionalização dos diretores e coordenadores de segurança.
Sublinhando que a segurança, mesmo quando exercida por entidades privadas, é um assunto demasiado sério para ser conformar com amadorismos, o parlamentar declarou que não se compreende que o governo não tenha respeitado as conclusões de um Grupo de Trabalho que contou com entidades profundamente profissionais e que percebem muito de segurança. “Este Grupo de Trabalho apresentou um conjunto vasto de recomendações e o governo ignorou propostas tão relevantes como, por exemplo, a constituição de equipas inspetivas multidisciplinares.
Depois de alertar para a desregulação que esta proposta contém em relação ao transporte de valores, algo que Marques Guedes classificou como “completamente incompreensível além de ser inepta”, o social-democrata concluiu a sua intervenção afirmando que o PSD vai apresentar propostas de alteração e esperar que o espírito de compromisso e abertura manifestados pelo Ministro da Administração Interna seja uma realidade.

04-01-2019 Partilhar Recomendar
17-02-2010
Atraso na construção do Centro de Formação da GNR em Portalegre preocupa PSD
    Cristóvão Crespo denunciou os constantes anúncios de membros do Governo sobre início da obra que, até ao momento, ainda não arrancou.
17-02-2010
Hugo Velosa questiona disparidades das verbas do PIDDAC entre Açores e Madeira
    O deputado denuncia a existência de uma grande diferença entre as verbas definidas para as duas Regiões Autónomas sem que existam motivos que o justifiquem
17-02-2010
Bacelar Gouveia preocupado com homejacking na Região do Algarve
    Deputado do PSD questionou o Ministro da Administração Interna durante a discussão do Orçamento do Estado para 2010
17-02-2010
“Verba para a formação dos agentes é insuficiente”
    Luís Montenegro defende que a verba destinada à formação de novos agentes de segurança pública é insuficiente
05-02-2010
Número de efectivos da GNR de Tondela é insuficiente
    Actualmente com 38 guardas, quando deveriam ser 96
Início Anterior
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas