Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Ricardo Baptista Leite: “a Saúde não é prioridade para este governo”
O deputado alertou que são os doentes que pagam a conta da má governação socialista.
Num discurso sobre o Orçamento do Estado para a área da saúde, Ricardo Baptista Leite começou por se referir à ala pediátrica do Hospital de São João. De acordo com o deputado, em novembro de 2017 este Governo disse ao país que o dinheiro para a construção da nova ala já estava na conta do hospital, à espera de um papel das finanças. “Em abril deste ano, o Governo repetiu que o dinheiro estava disponível, mas até hoje, apesar das múltiplas insistências do PSD, nunca vimos o extrato da conta bancária do Hospital. Tal como não vimos nenhuma obra. E mesmo antes do verão, o Governo prometeu que a situação da ala pediátrica estaria resolvida em duas semanas. Veio agora o Primeiro-Ministro confirmar que nos andaram a enganar durante 2 anos porque agora, afinal, é do Orçamento que depende a realização da obra. Aliás, há cerca de duas semanas surgiu uma luz de esperança quando nesta câmara um deputado socialista afirmou que a obra da ala pediátrica do Hospital de São João seria adjudicada já em janeiro de 2019. Mas depois veio a Ministra. A novíssima Ministra da Saúde que quando foi questionada a semana passada sobre a ala pediátrica, voltou atrás, e disse que não há obra nenhuma nem se compromete com datas. Uma grande salganhada que demonstra que nunca foi uma intenção séria deste governo construir a ala pediátrica. Simplesmente, estas crianças que vivem com cancro não são uma prioridade para o Governo. É tudo só conversa”.
De seguida, o social-democrata revelou que esta forma de proceder do governo foi semelhante no caso do Infarmed. “Depois de tantas e múltiplas promessas, depois de desperdício de tempo e recursos, depois de provocarem o desespero nos funcionários daquele instituto público, o que vemos? Nem um euro do Orçamento para a transferência do Infarmed para o Porto. É tudo só conversa”.
Focando-se na afirmação do Ministro das Finanças de que “a saúde é uma grande aposta deste Orçamento”, Ricardo Baptista Leite desmontou, de seguida, esta afirmação. “Portugal está na cauda dos países da OCDE. Com este Orçamento, a saúde merecerá um investimento de apenas 5,2% do PIB quando a média da OCDE é de 6,5%. Mas pior. Se ficamos mal no comparativo internacional, é inaceitável a forma como a saúde é tratada neste orçamento em comparação com as demais áreas de governação. É que a despesa pública global sobe 3,3% enquanto que a despesa pública na saúde sobe apenas 2,3%. Portanto, se dúvidas houvesse, fica assim claro: a saúde não é prioridade para este governo.”
Ricardo Baptista Leite chamou ainda à atenção para as promessas do Orçamento que, no entender dos portugueses, à boa maneira deste Governo as promessas não serão necessariamente para cumprir.
Depois de alertar para o desinvestimento no sector, para a falta gritante de recursos humanos e para a precariedade, Ricardo Baptista Leite concluiu que as consequências estão à vista de todos: “os serviços de saúde entraram em colapso” e, no final, “são sempre os doentes que pagam a conta da má governação. Pagam com a sua saúde. Os Senhores tudo prometeram e no final pouco ou nada fizeram. É tudo só conversa. O Governo carrega os portugueses com impostos, aumenta a despesa pública, e nem assim a saúde é uma prioridade. Para quem recorre ao Serviço Nacional de Saúde fica apenas o sofrimento e o sentimento de injustiça”, lamentou o deputado.

30-10-2018 Partilhar Recomendar
03-05-2019
Procriação Medicamente Assistida: fizemos um trabalho em prol dos casais com problemas de saúde reprodutiva
    Ângela Guerra sublinhou que o que moveu o PSD foi a resolução dos problemas destes casais.
02-05-2019
António Costa “foi cúmplice” da chegada do país à bancarrota
    Fernando Negrão afirmou ter vergonha desse governo socialista que levou o país à bancarrota.
17-04-2019
Deputados do PSD questionam o governo sobre as condições no Hospital de Cantanhede
    Os parlamentares reclamam “melhores condições e meios” para o Hospital Arcebispo João Crisóstomo.
12-04-2019
Centros de Responsabilidade Integrada: governo nada fez nos últimos quatro anos
    Luís Vales defendeu um futuro em que os Centros de Responsabilidade Integrada sejam efetivamente disseminados nos hospitais do SNS como um novo modelo de gestão potenciador de mais valor em saúde.
12-04-2019
“Governo parece cada vez mais desejar o confronto com os profissionais de saúde”
    Ângela Guerra enfatizou que o PSD não pactua com esta visão do governo “que desconsidera os profissionais de saúde”.
28-03-2019
Portugal não tem um Ministério da Saúde, tem um “Ministério da Doença”
    Segundo José de Matos Rosa o governo e os partidos da esquerda estão “a pôr em causa o Serviço Nacional de Saúde”.
28-03-2019
Sara Madruga da Costa desafia o governo a seguir “o bom exemplo da Madeira”
    Em causa o descongelamento das carreiras dos enfermeiros e dos professores.
28-03-2019
Farmácias hospitalares encontram-se numa situação dramática
    Ana Oliveira fala numa rutura de serviços e falta de profissionais.
28-03-2019
Inação e inoperância do governo colocam em causa a sustentabilidade da ADSE
    Simão Ribeiro recordou o alerta deixado pelo Conselho de Supervisão da ADSE sobre a necessidade de se alargar o número de beneficiários.
28-03-2019
“Resta aos portugueses esperar pelas eleições e dar lugar a um governo competente”
    No debate sobre Saúde, Luís Vales colocou em evidência o fracasso do executivo na política do medicamento.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas