Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Orçamento do Estado é uma farsa também para a Madeira”
Segundo Sara Madruga da Costa os madeirenses já perceberam que foram enganados pelo governo.
No debate do Orçamento do Estado para 2019, Sara Madruga da Costa recordou ao Ministro das Finanças que “podemos pretender enganar todos por algum tempo, até conseguir enganar alguns por todo o tempo, mas não conseguimos enganar todos, todo o tempo. Os madeirenses já perceberam que foram enganados e que o Orçamento do Estado é uma farsa também para a Madeira. Depois de três anos de muitas promessas, ficou agora clarinho como a água, a aldrabice e o embuste em torno do financiamento do novo Hospital da Madeira”.
De acordo com a deputada, o governo prometeu repetidamente pagar 50% do novo Hospital e agora já só assume 13%. “Anunciou um financiamento de um montante superior a 132 milhões de euros, mas depois publica uma resolução com apenas 96,5 milhões. Como se tudo não bastasse, não paga o IVA e ainda faz contas com património alheio, nomeadamente com o património dos Hospitais Nélio Mendonça e dos Marmeleiros. De que serve o Governo dizer que não quer um país dividido, quando é o primeiro a tratar de forma diferente uma parcela do país com um único intuito: eleitoralista, asfixiando a Madeira”.
Face a este cenário, a social-democrata foi perentória em afirmar que “não há, neste momento, qualquer dúvida de que a falta de palavra do Governo para com a Madeira é uma vergonha nacional”. “Foram três anos de mentiras, trapaças, embustes, truques, manipulações, de meras habilidades, palavras vãs, para enganar e brincar com os madeirenses.
Chegado a este momento, impõe-se perguntar ao Governo: O que vai o Governo fazer a seguir? Vai continuar a arranjar esquemas, novos argumentos esfarrapados e outras justificações para não cumprir sequer com os 13% do financiamento do novo Hospital?
Vai procurar encontrar expedientes para atrasar da obra? Vai continuar a adiar a revisão da taxa de juro do empréstimo à Madeira”, questionou Sara Madruga da Costa.

29-10-2018 Partilhar Recomendar
11-01-2019
Sara Madruga da Costa reuniu com o Sindicato da Carreira de Investigação do SEF
    A deputada inteirou-se sobre as carências do SEF na Madeira.
20-12-2018
“Extensão da plataforma continental é a joia geoestratégica do nosso tempo”
    Rubina Berardo considera “importante que se mantenha o desígnio de Portugal crescer pelo Mar”.
19-12-2018
Sucesso do PSD na Madeira decorre do cumprimento das promessas
    Paulo Neves comparou a governação do PSD na Região com a do governo das esquerdas.
13-12-2018
Sara Madruga da Costa reuniu com Sindicato dos Guardas Prisionais
    A deputada escutou as preocupações dos guardas prisionais da Madeira.
07-12-2018
Deputados do PSD eleitos pela Madeira protestam contra a dedução dos Hospitais Dr. Nélio Mendonça e Marmeleiros pelo governo no financiamento do novo Hospital
    Sara Madruga da Costa, Rubina Berardo e Paulo Neves exigiram ainda a concretização do compromisso de pagamento de 50% da obra de construção do novo Hospital.
29-11-2018
“Orçamento do Estado tem uma marca essencial: a ilusão”
    Adão Silva lamentou que este seja “um Orçamento de oportunidades perdidas, com mentiras e que não acautela o futuro.”
29-11-2018
Cristóvão Crespo desafia esquerda a aprovar a proposta do PSD para um Regime Contratual de Investimento
    A iniciativa visa fazer com que os investimentos sejam preferencialmente canalizados para o Interior do país.
29-11-2018
“O governo e a maioria de esquerda não acreditam nas Entidades Reguladoras”
    Inês Domingos sublinhou que ao longo desta legislatura esta visão tem-se refletido numa ativa limitação à atividade destas entidades.
29-11-2018
Para a maioria de esquerda é mais importante recolher animais do que os corruptos
    Luís Marques Guedes considera que “as prioridades estão invertidas”.
29-11-2018
É de toda a justiça que os trabalhadores das pedreiras tenham acesso a um regime especial
    Virgílio Macedo frisou que o PSD se orgulha de ter contribuído decisivamente nesse sentido.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas