Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
A qualidade do crescimento da economia portuguesa foi arrasada com este governo
Inês Domingos acusa ainda o executivo de carregar nos impostos para as empresas.
“Este Orçamento é a confirmação que a qualidade do crescimento da economia portuguesa com este Governo foi arrasada. Não só temos um dos crescimentos mais baixos da Europa, como temos o terceiro pior desempenho de produtividade da europa entre 2015 e 2018. Seja sério, contrariamente ao que disse aqui hoje, os números do seu Governo, no relatório do seu Orçamento, mostram bem a realidade. A produtividade de toda a economia e sem o efeito ilusório dos preços diminuiu 0,4% entre 2015 e 2018. Isto é um sinal muito alarmante sobre a qualidade do crescimento da economia com este Governo”. Foi desta forma que Inês Domingos confrontou o Ministro das Finanças no debate do Orçamento do Estado para 2019.
De seguida, a parlamentar frisou que a situação ainda é pior do que parece. De acordo com a deputada, o Ministro apresenta umas medidas para o interior e para as PME´s que valem tão pouco, que nem aparecem no plano que o Governo mandou para a União Europeia. Em sentido contrário, adianta, este Orçamento carrega nos impostos para as empresas: a tributação autónoma sobre os veículos, o imposto o sobre os produtos petrolíferos, o alargamento da contribuição extraordinária sobre a energia às empresas de energia renováveis, novas Contribuições sobre recursos florestais e para proteção civil. “E não é só neste orçamento, os anteriores já foram altamente penalizadores para as empresas e para a iniciativa privada. Agravaram os impostos sobre o alojamento local, a derrama estadual, o ISP e os impostos para muitos trabalhadores independentes. Com este Governo, o enfoque da política económica é quase exclusivamente no consumo. Nada para o investimento, nada para as empresas exportadoras. É um caminho que nós já seguimos no passado com os resultados que tragicamente conhecemos”.
A terminar, Inês Domingos questionou a Mário Centeno quando é que este Governo vai parar de desperdiçar as oportunidades.

29-10-2018 Partilhar Recomendar
28-11-2018
Inês Domingos: “as empresas são ignoradas por este governo”
    A deputada refere que todas as associações empresariais consideram que este Orçamento não serve.
28-11-2018
Taxa adicional no imposto dos combustíveis retirou mil milhões de euros aos portugueses
    António Leitão Amaro acusou os partidos da esquerda de faltarem à promessa de reduzir o imposto.
28-11-2018
Ala Pediátrica do Hospital São João: socialistas continuam a falhar as suas sucessivas promessas
    Ricardo Baptista Leite considera que é incompreensível o que se passa e defendeu a realização imediata da obra.
27-11-2018
“As propostas do PSD para o IVA da cultura eliminam o caracter discricionário e discriminatório do Orçamento”
    José Carlos Barros contestou a diferenciação introduzida pelo governo entre tipos e locais de espetáculos.
27-11-2018
“Este Orçamento apenas tem o apoio da geringonça”
    Paulo Rios de Oliveira recordou que sindicatos, associações empresariais e ordens profissionais estão contra a proposta do governo.
27-11-2018
PSD quer corrigir a discriminação inaceitável entre portugueses emigrantes criada no Orçamento
    José Cesário sublinhou que se trata de uma questão de respeito por todos os nossos emigrantes.
27-11-2018
Duarte Pacheco destaca proposta do PSD para combater a especulação imobiliária
    Segundo o deputado a intenção é baixar a carga fiscal para quem tem um comportamento correto e agravar para quem tem comportamentos especulativos.
27-11-2018
Virgílio Macedo: “este é um Orçamento que só pensa no presente”
    O deputado lamentou a ausência de medidas de apoio à poupança e alertou para os riscos.
27-11-2018
Resolução dos problemas do mercado de arrendamento não pode ser feita à custa dos proprietários
    António Costa Silva sublinha que a correção deve ser efetuada através do estímulo da oferta.
27-11-2018
Cristóvão Crespo: a especialidade desta maioria é aumentar e criar impostos
    Prova disso, adianta o deputado, são os consecutivos recordes de carga fiscal.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas