Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Tancos: “senhor Primeiro-Ministro, não acha que já fomos longe demais?”
Fernando Negrão considera que este caso exigia intervenção imediata da hierarquia militar e da tutela política.
Fernando Negrão confrontou o Primeiro-Ministro com a escolha do deputado socialista Carlos Pereira para liderar a Entidade Reguladora do Setor Energético (ERSE). No debate quinzenal com António Costa, o líder parlamentar do PSD questionou a “independência” do deputado em causa e perguntou qual a razão desta escolha, recordando várias críticas internas feitas pelo referido deputado. “É para calar este tipo de afirmações que agora quer ver como administrador de uma entidade reguladora o senhor deputado Carlos Pereira”, questionou.
No entender do social-democrata, é notório que o deputado socialista “foge à definição daquilo que acha que deve ser o perfil do administrador de uma entidade reguladora. E uma entidade reguladora deve ter como ómega do seu funcionamento uma característica: a sua independência. Esta independência, deve ser relativamente a todos os agentes do mercado, sejam eles privados ou públicos mas, principalmente, do poder político. Acha que o deputado Carlos Pereira assegura essa independência do poder político?"
A concluir este tema, Fernando Negrão frisou que o currículo do socialista “não oferece garantias para exercer essas funções com independência”.
De seguida, o líder parlamentar social-democrata regressou ao caso de Tancos sinalizando o facto de se ter ficado hoje a saber que o ex-Chefe de Gabinete do Ministro da Defesa admitiu ter recebido documentação sobre o roubo em Tancos. “Não acha que já fomos longe demais? Não considera que este caso exigia intervenção imediata da hierarquia militar e da tutela política para apuramento de todas as responsabilidades?”. O líder da “bancada laranja”, manifestou ainda a sua estranheza perante a informação dada pelo Primeiro-Ministro de que o Ministro da Defesa não foi informado pelo seu ex-Chefe de Gabinete que tinha recebido documentação sobre o furto.
A terminar, Fernando Negrão assinalou que na próxima segunda-feira passa um ano desde os incêndios na região centro e que até hoje “só há oito casas reconstruídas num universo de 28 concelhos”. “Como explica isto”, questionou.

10-10-2018 Partilhar Recomendar
07-06-2019
Criação do estatuto do antigo combatente “é um verdadeiro dever da Pátria”
    Luís Pedro Pimentel enfatizou que este reconhecimento “deve ser inequívoco e abrangente”.
09-05-2019
Lei de Infraestruturas Militares não prevê mecanismos de transparência
    Pedro Roque deixou algumas críticas à proposta do governo e frisou que o PSD pretende contribuir para que o resultado final seja “mais consentâneo com a real necessidade das missões e do desempenho dos militares”.
09-05-2019
Defesa: cativações de Centeno afetam cumprimento da Lei de Infraestruturas Militares
    O alerta foi deixado por Rui Silva.
25-04-2019
25 de Abril: PSD avisa que portugueses repudiarão clubismo partidário ou nepotismo
    Pedro Roque confessou que, apesar deste dia ser de “união em torno de um bem maior”, tem “alguma apreensão” com o futuro do país.
11-04-2019
Pedro Roque alerta para efeitos negativos para a instituição militar resultantes de um sistema de avaliação desadequado
    O alerta foi deixado no debate de uma Petição da Associação Nacional de Sargentos.
04-04-2019
“O Governo não consegue nomear pessoas qualificadas sem serem familiares?”
    Fernando Negrão entende que o “Governo está a funcionar em circuito fechado”.
20-03-2019
Rui Silva: preservação da soberania nacional é intocável
    O deputado alertou ainda para o efeito das cativações no setor da Defesa.
19-03-2019
Passe Único: “medida eleitoral como nunca se viu”
    Fernando Negrão acusou o governo de apresentar a redução dos preços dos passes apenas para Lisboa e Porto e de não aumentar o número de transportes.
13-03-2019
PIN Pedras Salgadas: “parece-nos difícil haver projetos desta importância que sejam construídos contra as populações”
    Paulo Rios de Oliveira considera que estamos perante um difícil divórcio quando a população deixa de falar no “seu local” e passa a falar no “local deles”.
13-03-2019
Com a privatização dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo a Empordef passou a dar lucro
    Leonel Costa recordou que as receitas da Empordef eram canalizadas para tapar os prejuízos dos Estaleiros.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas