Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“A Madeira e os madeirenses estão a ser vítimas de um boicote por parte do governo”
Segundo Paulo Neves a atitude do executivo caracteriza-se pelo incumprimento das promessas e da Lei.
O Parlamento apreciou, esta quinta-feira, a Proposta de Lei da Assembleia Legislativa da Madeira que visa alterar a Lei que regula a atribuição de um subsídio social de mobilidade aos cidadãos beneficiários, no âmbito dos serviços aéreos e marítimos entre o Continente e a Região Autónoma da Madeira e entre esta e a Região Autónoma dos Açores, prosseguindo objetivos de coesão social e territorial.
Considerando a Proposta “muito oportuna”, Paulo Neves adiantou que esta é uma iniciativa que atualiza todo o processo de atribuição do subsídio de mobilidade aos residentes no arquipélago da madeira. “Uma atualização que, pelo PSD, já deveria ter sido feita há muito. Elogiamos igualmente o facto desta proposta ter sido elaborada e aprovada por todos os partidos com assento na Assembleia Legislativa da Madeira. Este facto demonstra claramente a importância desta matéria para a Madeira e para os madeirenses. É uma matéria consensual e urgente. O PSD espera que todos os partidos representados na Assembleia da República acompanhem o sentido de voto expresso pelos nossos colegas no Parlamento da Madeira.”
De seguida, o social-democrata enfatizou que “a Madeira e os madeirenses estão a ser vítimas de um boicote por parte do governo da República, um autentico «cerco» às instituições autonómicas. Desde logo uma total falta de respeito institucional para com o governo legítimo dos madeirenses. Com o aproximar das eleições regionais o cerco aperta-se ainda mais. O governo da República, em relação à Madeira, tem manifestado uma estratégia que se pode resumir da seguinte maneira: o que promete não cumpre, o que a lei obriga a cumprir também não cumpre”.
De acordo com as palavras de Paulo Neves, exemplos não faltam: “o governo do PS na República (apoiado pelo Bloco e pelo PCP) recusa-se a pôr ordem na eficiência da TAP em relação à Madeira, recusa-se a obrigar a TAP a ter preços de mercado e não abusivos em relação à madeira, recusa-se a apoiar a mobilidade aérea de mercadorias, recusa-se a apoiar a mobilidade marítima para passageiros e carga e também quanto à legislação que regula o subsídio de mobilidade para a Madeira tem-se recusado, ao longo de toda a legislatura, aceitar as propostas do governo da Madeira e do PSD”.

12-07-2018 Partilhar Recomendar
15-02-2019
Governo empata esquadra da Ponta do Sol com mudança do local
    Sara Madruga da Costa afirmou que “existe uma estratégia para adiar a resolução deste problema”.
07-02-2019
“PS e PCP abandonam trabalhadores dos matadouros da Madeira”
    A acusação foi deixada por Sara Madruga da Costa após uma visita ao Centro de Abate da Região Autónoma da Madeira.
01-02-2019
Deputados do PSD eleitos pela Madeira confrontam o governo com a discriminação dos trabalhadores da RTP-M
    Os sociais-democratas referem que os trabalhadores da RTP-M foram os únicos a ficar de fora do PREVPAP.
25-01-2019
PSD exige fim da discriminação dos beneficiários da ADSE na Madeira
    O anúncio foi feito pela deputada Sara Madruga da Costa.
11-01-2019
Sara Madruga da Costa reuniu com o Sindicato da Carreira de Investigação do SEF
    A deputada inteirou-se sobre as carências do SEF na Madeira.
20-12-2018
“Extensão da plataforma continental é a joia geoestratégica do nosso tempo”
    Rubina Berardo considera “importante que se mantenha o desígnio de Portugal crescer pelo Mar”.
19-12-2018
Sucesso do PSD na Madeira decorre do cumprimento das promessas
    Paulo Neves comparou a governação do PSD na Região com a do governo das esquerdas.
13-12-2018
Sara Madruga da Costa reuniu com Sindicato dos Guardas Prisionais
    A deputada escutou as preocupações dos guardas prisionais da Madeira.
07-12-2018
Deputados do PSD eleitos pela Madeira protestam contra a dedução dos Hospitais Dr. Nélio Mendonça e Marmeleiros pelo governo no financiamento do novo Hospital
    Sara Madruga da Costa, Rubina Berardo e Paulo Neves exigiram ainda a concretização do compromisso de pagamento de 50% da obra de construção do novo Hospital.
27-11-2018
É lamentável a forma como a esquerda tratou as questões fundamentais para a Madeira
    Sara Madrugada Costa acusou PS, BE e PCP de chumbarem todas as propostas dirigidas à região.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas