Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Autodeterminação da Identidade de Género: processo não pode ser feito ao arrepio de valores de segurança e certeza jurídica
Sandra Pereira considera que o que está em causa é a implementação de uma agenda fraturante promovida pela esquerda radical.
Após o veto do Presidente da República ao diploma da autodeterminação da Identidade de Género, o Parlamento voltou, esta quinta-feira, a debater o tema. De acordo com Sandra Pereira, o Presidente solicitou à Assembleia, através do exercício do veto, a reponderação deste regime relativamente aos menores, solicitando que essa reponderação vá no sentido de se prever “avaliação médica prévia para cidadãos menores e 18 anos.” Segundo a deputada, “o PSD revisitou novamente este diploma e compreendemos e partilhamos as preocupações do Sr. Presidente da República. O PSD não é indiferente aos constrangimentos e sofrimento vividos pelas pessoas que nasceram com um sexo com o qual não se identificam, e somos favoráveis à sua autodeterminação. Reconhecemos que esses processos, pela sua própria natureza, são inquestionavelmente complexos e sofridos para os próprios e suas famílias. Valorizamos e reconhecemos a importância deste direito. No entanto, consideramos que o reconhecimento e exercício de tal direito não pode ser feito ao arrepio de valores de segurança e certeza jurídica que são princípios basilares da organização da sociedade tal qual a concebemos atualmente”.
Para o PSD, refere a deputada, é imperioso que essa decisão seja precedida de um documento que resulte de avaliação clínica interdisciplinar, que ateste e garanta a vontade inequívoca da pessoa que requer que esta mudança, mas que ateste sobretudo a veracidade dos pressupostos dessa alteração e isto só pode ser feito pela ciência e pela medicina.
É nesse sentido, adianta, que vai a proposta que o PSD, cuja novidade relativamente à anterior reside apenas na letra do texto, com termos mais neutros, para que não se possa ilegitimamente inferir que olhamos para a identidade de género como se de uma doença se tratasse. “Compreendemos as razões que o Presidente invoca para maior salvaguarda dos menores, no entanto em razão da matéria, parece-nos «em qualquer circunstância» que esta decisão deva ser cientificamente instruída. Estamos absolutamente convictos disto mesmo e a Ordem dos Médicos pronunciou-se sobre a nova redação dada ao texto da proposta de alteração do Grupo parlamentar do PSD e diz que esta «dá um contexto clínico bem enquadrado, que separa a componente clínica da componente da decisão livre e autónoma, o que é uma mais valia».”
A terminar, Sandra Pereira sublinhou que para o PSD não é concebível que uma lei desta natureza possa ser assim tão simplista, e omissa sobre questões que, do ponto de vista médico e humanista, são, para nós, absolutamente incontornáveis. “Mas o que mais nos preocupa é que, temos para nós, que o que está em causa é a implementação de uma agenda fraturante e de transformação social, promovida pela esquerda radical, na qual a maioria dos portugueses não se revê, e não votou sequer. E pior, à qual o PS se foi vergando sem hesitar, não por convicção, mas por sobrevivência.”

12-07-2018 Partilhar Recomendar
12-07-2018
Identidade de género: “proposta do PSD é a mais moderada, equilibrada e acertada”
    Carlos Peixoto refere que nem após o veto presidencial o Governo, BE, PAN e PS conseguiram encontrar uma resposta sensata e completa.
19-04-2018
“Lei da paridade constituiu uma alavanca social importantíssima para fomentar a participação feminina”
    Sandra Pereira recordou o trabalho feito pelo governo liderado pelo PSD no sentido de aumentar a igualdade de oportunidades para homens e mulheres.
19-04-2018
Paridade: Carlos Peixoto considera que o governo devia “corar de vergonha”
    Com apenas 3 mulheres no lugar de ministras, o social-democrata considera “de uma enorme hipocrisia política” a tentativa do executivo de impor aos outros o que não pratica.
09-03-2018
PSD assinala Dia Internacional da Mulher
    Regista Bastos referiu que apesar dos progressos há ainda um longo caminho a percorrer.
26-01-2018
Clara Marques Mendes reafirmou a importância dada pelo PSD às matérias da parentalidade e igualdade
    A deputada recordou as alterações introduzidas no sentido de reforçar os direitos de parentalidade e de uma maior conciliação entre a vida pessoal e a vida profissional.
15-12-2017
Violência no Namoro: PSD defende que crime de homicídio seja qualificado
    Andreia Neto recordou que a iniciativa visa equiparar o crime de homicídio no namoro ao crime de homicídio no casamento.
14-12-2017
PSD quer que o Governo apresente o novo plano de ação sobre a promoção da igualdade no mercado de trabalho e o combate às desigualdades salariais
    Sandra Pereira apresentou o Projeto de Resolução dos sociais-democratas.
06-12-2017
Ângela Guerra assinala Dia Internacional pela Eliminação da Violência Contra as Mulheres
    A deputada foi oradora numa tertúlia organizada pela Câmara Municipal de Pinhel.
03-10-2017
Relatório sobre a igualdade de oportunidades entre homens e mulheres no trabalho, no emprego e na formação profissional revela que ainda temos um longo caminho a percorrer
    Sandra Pereira afirmou que o PSD já apresentou iniciativas para combater e corrigir as desigualdades salariais.
11-05-2017
“Para o PSD a promoção da igualdade entre homens e mulheres é um objetivo fundamental das políticas públicas”
    Margarida Balseiro Lopes lamentou que os socialistas ignorem os alertas do PSD e apresentem uma iniciativa impraticável.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas