Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Deputados do PSD acusam Governo de irresponsabilidade total na gestão das 35 horas nos hospitais
Duarte Marques, Teresa Leal Coelho e Nuno Serra estiveram no terreno a avaliar as consequências da decisão do executivo.
Os Deputados do PSD eleitos por Santarém reuniram, esta terça-feira, com a Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo com o objetivo de avaliar o impacto da alteração do horário de trabalho semanal das 40 para as 35 horas, em particular dos enfermeiros, assistentes operacionais, assistentes administrativos e técnicos de diagnóstico.
Duarte Marques, Teresa Leal Coelho e Nuno Serra estiveram no Hospital de Torres Novas, onde ficaram a conhecer a difícil situação das três unidades deste Centro Hospitalar. Dos 50 enfermeiros pedidos pela Administração para compensar a alteração das 35 horas, apenas 19 foram autorizados e mesmo esses já praticamente com o novo horário em vigor o que impede a sua contração em tempo útil. Neste momento ainda nenhum destes 19 enfermeiros está contratado.
A somar a estas dificuldades junta-se o atraso do Governo na autorização de substituições de enfermeiros de baixa ou de licença que no caso do CHMT são 70, isto é 10% dos enfermeiros. Ou seja, neste momento dos 120 enfermeiros pedidos pelo CHMT apenas 19 foram autorizados. Entretanto a Administração tomou medidas adequadas à redução de horário de trabalho que passam sobretudo pela redução de camas em várias enfermarias, em particular na unidade de Abrantes.
Segundo Duarte Marques o governo revela uma “irresponsabilidade total quando sabe que estas alterações exigem mais pessoal e deixa para o dia da entrada em vigor da lei a autorização para contratar os enfermeiros necessários e mesmo assim só permite a contratação de pouco mais de 15% do pessoal que faz falta”.
O Deputado do PSD que acompanha as questões da saúde no distrito de Santarém acusa ainda o governo de “não ter acautelado a contratação atempada de profissionais e por isso assistimos agora uma autêntica guerra entre hospitais a tentar contratar os mesmos profissionais” (...) “processos de contratação não se fazem em meia dúzia de dias e as saídas de uns hospitais para outros acentuam toda esta instabilidade”.
Duarte Marques acrescenta ainda que alteração surge na pior fase do ano pois é a que “cria mais impacto nas equipas dos hospitais já que muitos profissionais se encontram de férias e esta alteração a ocorrer agora só vem agravar ainda mais a situação”.
Os Deputados do PSD eleitos por Santarém responsabilizam diretamente o Primeiro-Ministro António Costa por “dar cobertura ao garrote financeiro imposto pelo Ministro das Finanças e por não ter permitido ao Ministro da Saúde acautelar a tempo os impactos das 35 horas nos hospitais.”
Nos próximos dias os Deputados deverão visitar o Hospital Distrital de Santarém com o mesmo objetivo.

04-07-2018 Partilhar Recomendar
08-02-2019
“Participação dos cidadãos no processo de decisão em saúde é fundamental para se alcançarem decisões justas, equilibradas e transparentes”
    Essa preocupação, adianta Isaura Pedro, está refletida na Lei de Bases da Saúde que o PSD apresentou.
08-02-2019
“Requisição civil decretada simboliza a falência da capacidade negocial de um governo em desespero”
    Ângela Guerra apelou ao governo para que “emende a mão” e deixe de tentar “virar portugueses contra portugueses”.
08-02-2019
Hospital do Senhor do Bonfim é o espelho do “exagero, irresponsabilidade e irracionalidade” da governação socialista
    Simão Ribeiro colocou em evidência “a diferença abissal” entre as promessas socialistas e a realidade.
06-02-2019
“Aguardar 1000 dias por uma consulta é fortalecer o SNS?”
    No debate quinzenal com o Primeiro-Ministro, Fernando Negrão lamentou que António Costa não “sinta vergonha de ter feito parte do governo que deixou o país em bancarrota”.
01-02-2019
Transporte não urgente de doentes: PSD defende um regime justo, equilibrado e que respeite as necessidades dos utentes
    Ana Oliveira teceu críticas às iniciativas apresentadas pelo BE, PEV e PCP.
01-02-2019
PSD apoia a criação de um Registo Nacional de Esclerose Múltipla
    José António Silva elencou as mais-valias da criação deste registo.
31-01-2019
Funções dos Técnicos Auxiliares de Saúde justificam a existência de uma carreira própria
    Miguel Santos afirmou que a reintegração destes profissionais nas carreiras especiais da saúde não pode continuar a ser adiada pelo governo.
31-01-2019
Luís Vales louva esforço que o SNS tem realizado na procura das melhores respostas às necessidades dos doentes oncológicos
    O deputado enalteceu a abnegação e a elevada competência dos profissionais de saúde que se dedicam a esses doentes.
31-01-2019
PSD defende o reforço dos Cuidados Paliativos
    Ricardo Baptista Leite apresentou o Projeto de Resolução do PSD.
31-01-2019
PSD quer que o governo conclua rapidamente o processo negocial da carreira de técnico superior de diagnóstico e terapêutica
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada por Ângela Guerra.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas