Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“É imperativo garantir a universalidade do acesso à justiça e aos tribunais em Portugal”
Sara Madruga da Costa considera que “é altura de remover os obstáculos ao acesso ao direito e à justiça”.
“O acesso ao direito e à justiça têm um papel central nas democracias contemporâneas. Não pode haver democracia sem o respeito pela garantia dos direitos dos cidadãos e os cidadãos não subsistem se o sistema jurídico e judicial não for de livre acesso e independente da classe social, sexo, raça, etnia e religião de cada um”. Estas foram as palavras iniciais de Sara Madruga da Costa no debate, agendado pelo PSD, sobre Justiça.
De seguida, a deputada referiu-se aos entraves conhecidos e aceites por todos há muito tempo que afastam a justiça da maioria das pessoas: o elevado preço das custas processuais e as dificuldades de abrangência do apoio judiciário aos cidadãos com carências económicas. A este propósito, a deputada referiu que o acesso ao direito e à justiça constituem a pedra basilar do nosso edifício da Justiça e por isso têm de ser encarados como um todo.
Aproveitando a presença da Ministra da Justiça, a deputa referiu que este é o momento para o governo apresentar as suas propostas. “Há muito tempo que estão reunidas, as condições para uma avaliação séria, rigorosa e transparente quer do Regulamento das Custas Processuais quer do acesso ao direito e dos honorários dos advogados oficiosos. Há mais de um ano que aguardamos que o governo proceda à reforma do sistema de acesso ao direito e aos tribunais.
O PSD apresentou uma iniciativa com vista à revisão do regime das custas processuais, iniciativa esta que está pendente há mais de um ano a aguardar que o Governo cumpra com o que prometeu e apresente uma proposta legislativa”.
Dirigindo-se à governante, Sara Madruga da Costa questionou quando é que o governo apresentará a tão anunciada reforma do sistema de acesso ao direito. “Quando é que o governo apresentará medidas concretas na área das custas processuais? Porque motivo ministra não conseguiu cumprir com a sua palavra e incluir no Orçamento de Estado de 2018 as verbas necessárias para a revisão do acesso ao direito e das custas processuais? Porque motivo o governo não apresentou conforme foi anunciado em novembro de 2017 uma proposta legislativa sobre esta matéria no primeiro trimestre de 2018?
A terminar, Sara Madruga da Costa enfatizou que “é altura de remover os obstáculos ao acesso ao direito e à justiça e acabar com o «tudo ou nada» que permite todo o acesso a alguns e a inacessibilidade a outros. É hora de reduzir as custas processuais e permitir o acesso a todos os beneficiários carenciados. Em nome da democracia é imperativo garantir a universalidade do acesso à justiça e aos tribunais em Portugal. Por uma justiça mais justa, mais célere e mais próxima dos cidadãos”.

14-06-2018 Partilhar Recomendar
08-03-2019
PSD favorável a alterações ao Código de Processo do Trabalho que tornem o sistema mais “eficiente, eficaz e célere”
    A posição dos sociais-democratas foi expressa pela deputada Susana Lamas.
07-02-2019
PSD recomenda a adoção de medidas urgentes em matéria de registos e notariado
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada por Emília Cerqueira.
30-01-2019
Carlos Peixoto desafia CDS a integrar um pacto para a justiça
    O Vice-Presidente da bancada do PSD recordou que os sociais-democratas apresentaram a todos os partidos uma proposta para melhorar o sistema de justiça.
30-01-2019
Violência contra as mulheres: é preciso passar do diagnóstico à ação
    Sandra Pereira lamentou que muito tenha ficado por fazer nos últimos anos.
30-01-2019
Os portugueses querem um governo que lute contra a corrupção
    Álvaro Batista colocou em evidência a inação da governação das esquerdas nesta matéria.
25-01-2019
Fernando Negrão acusa Governo de estar a “destruir o Serviço Nacional de Saúde”
    O líder da bancada do PSD lamentou a desumanidade e insensibilidade social manifestada pelo Primeiro-Ministro.
24-01-2019
PSD quer o Provedor de Justiça a coordenar e monitorizar a aplicação da Convenção sobre os Direitos da Criança em Portugal
    A proposta dos sociais-democratas foi apresentada por Andreia Neto.
16-01-2019
“Os advogados estagiários não podem ser os «novos escravos»”
    Sandra Pereira considera que “o país deve refletir sobre as condições de exercício da advocacia”.
16-01-2019
PSD não desiste da criminalização do enriquecimento ilícito
    Andreia Neto refere que o PSD não se cansará de continuar a procurar uma solução para criminalizar esse tipo de comportamentos.
11-01-2019
Sandra Pereira: “os crimes sexuais merecem o nosso mais profundo repúdio”
    No debate sobre alterações ao Código Penal a deputada alertou que manda a prudência que as alterações legislativas não se façam “a reboque da pressão mediática”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas