Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer que sejam criadas todas as condições para que os banhistas estejam mais seguros nas praias
Luís Pedro Pimentel garantiu que os sociais-democratas estão disponíveis para trabalhar com todas as forças políticas no sentido de criar uma legislação mais adequada.
O Parlamento debateu, esta quarta-feira, o Projeto de Lei do PEV sobre a Assistência a banhistas. Luís Pedro Pimentel, intervindo em nome do PSD, começou por referir que com esta iniciativa, os ecologistas pretendem atribuir ao Ministério da Defesa Nacional, através da Autoridade Marítima Nacional, a competência para contratar os nadadores-salvadores para as praias não concessionadas. “Ao mesmo tempo o PEV propõe que o Ministério da Defesa Nacional possa, em conjunto com o Ministério do Ambiente, através da Agência Portuguesa do Ambiente, programar ações de sensibilização e de informação aos banhistas para que seja possível «construir uma cultura de segurança nas praias». Por outro lado, o PEV quer também alterar a Lei para que, nos casos onde não exista uma definição da época balnear, esta venha a decorrer entre 1 de abril e 30 de setembro de cada ano, antecipando o seu início em dois meses”.
Dirigindo-se à deputada do PEV, o social-democrata recordou que atualmente, nas praias de banhos concessionadas, é aos concessionários e às associações de nadadores-salvadores que compete a contratação de nadadores-salvadores, já nas praias de banhos não concessionadas compete às autarquias. “Importa também referir que de acordo com os dados fornecidos pelo Diretor do Instituto de Socorros a Náufragos em conferência de imprensa dada antes da abertura da época balnear, Portugal terá este ano 640 praias, incluindo as fluviais, aprovadas para a prática balnear. Serão assim 387 praias com qualidade para banhos no litoral do continente, 129 praias fluviais e 70 e 54 nas ilhas dos Açores e Madeira respetivamente. Para proteger todos os banhistas que irão acorrer a estas praias teremos este ano cerca de 5.200 nadadores-salvadores certificados pelo Instituto de Socorros a Náufragos”.
Tendo em conta estes dados, Luís Pedro Pimentel refere que “a pergunta que se coloca é se serão estes nadadores-salvadores suficientes para cumprir a missão que lhes está atribuída de diminuir ao máximo a ocorrência de mortes nas nossas praias”.
“O Grupo Parlamentar do PSD espera e deseja sinceramente que sim, mas a resposta a esta pergunta dependerá sempre da perspetiva através da qual olhemos esta questão: iremos sempre enfrentar uma situação de «copo meio cheio, ou, copo meio vazio». Para o PSD o caminho deverá ir sempre no sentido de alcançar uma solução equilibrada que permita evitar o maior número possível de ocorrências nas praias, rentabilizando ao máximo os recursos disponíveis e criando sinergias entre as diversas entidades que podem contribuir para que isso aconteça”.
Depois de recordar o número de vítimas nas praias portuguesas, “números trágicos e muitíssimo preocupantes”, Luís Pedro Pimentel questionou quais as razões que contribuem para este aumento significativo do número de mortes nas praias portuguesas e o que poderá estar a falhar no dispositivo de vigilância e segurança nas nossas praias.
A terminar, o deputado afirmou que o Grupo Parlamentar do PSD entende que as propostas apresentadas pelo PEV merecem ser mais aprofundadas no sentido de se avaliar o seu verdadeiro impacto e o seu acolhimento pelos diversos intervenientes nesta matéria.
“O PSD está disponível para trabalhar com todas as forças políticas no Parlamento no sentido de criar uma legislação mais adequada que permita realmente contribuir para aumentar a segurança de todos aqueles que frequentam as nossas praias. Pegando no célebre ditado português de que “mais vale prevenir do que remediar”, está, por isso, nas nossas mãos trabalhar ainda mais e sobretudo criar todas as condições para que os banhistas estejam mais seguros nas praias portuguesas”.

06-06-2018 Partilhar Recomendar
06-06-2018
Debate potestativo sobre banhistas deixa claro quais as prioridades do PEV
    Joel Sá manifestou a sua surpresa por ver o PEV deixar de fora do seu debate potestativo temas como os da educação, saúde ou transportes.
06-06-2018
Praias nacionais são um pilar fundamental da nossa estratégia turística
    Rui Silva destacou o papel das autarquias na garantia das condições das zonas balneares.
03-05-2018
PSD defende a atribuição imediata de indemnização às famílias de militares mortos
    A iniciativa dos sociais-democratas foi apresentada pelo deputado Pedro Roque.
29-03-2018
Manuela Tender participou na Cerimónia do Dia da Unidade
    A deputada marcou presença numa cerimónia que contou ainda com o Juramento de Bandeira dos Soldados Recrutas do 1º Curso de Formação Geral Comum de Praças do Exército de 2018.
21-03-2018
Pedro Roque alerta para as complicações das Forças Armadas no combate às calamidades
    O social-democrata fala numa equação difícil de preencher: menos gente nas Forças Armadas e mais missões.
31-01-2018
Pedro Roque alerta para iniciativas que colocam em causa a segurança jurídica dos sistemas providenciais e a sua sustentabilidade financeira
    O deputado afirmou que muitas vezes a justiça, o reconhecimento e o mérito das iniciativas dos peticionários podem colidir com questões jurídicas e financeiras.
19-12-2017
Pedro Roque recorda que já houve três processos de reintegração de militares e ex-militares ao abrigo do Decreto de 1974
    O deputado referiu que, do ponto de vista no PSD, não faz sentido a abertura de um novo processo com esse propósito.
04-10-2017
Hugo Soares acusou António Costa de liderar o “governo da desresponsabilização”
    O líder parlamentar do PSD lastimou a forma como o Primeiro-Ministro se desresponsabiliza de todos os casos.
18-09-2017
Tancos: passados três meses avolumam-se as interrogações
    Costa Neves considerou que o que ocorreu é de uma gravidade extrema e exigiu respostas ao Ministro da Defesa.
18-09-2017
Sérgio Azevedo enfatiza que “o que e passou em Tancos é um assunto grave”
    O Vice-Presidente da bancada do PSD sublinhou que o alegado furto no Paiol de Tancos põe em causa a segurança do Estado e compromete Portugal no quadro internacional.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas