Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Governo “falhou rotundamente” no objetivo de manter o mesmo envelope financeiro da PAC
António Lima Costa alerta que Portugal pode sofrer cortes superiores ao dobro da média europeia.
No debate sobre “Fundos Europeus, coesão social e territorial”, António Lima Costa acusou os comunistas de colocarem em causa todo o projeto europeu. Sublinhando que este é um debate que deve ser “feito sem radicalismos” e que deve ter como objetivo melhorar o próximo Quadro Financeiro Plurianual, o deputado afirmou que é nesse sentido que vão as recomendações do PSD.
De seguida, a proposta para a Política Agrícola Comum pós-2020, o deputado lembrou que “o governo veio cantar vitória por Portugal não ter cortes no 1.º pilar e ser dos países que menos perde. Mas no 1.º pilar Portugal recebe por hectare 25% menos que a média europeia. Cantar vitória por não haver cortes, mantendo-se esta diferença brutal, é inaceitável”. Contudo, refere, ainda mais grave é o que se antevê para o 2.º Pilar. “Portugal pode ser o país mais afetado pela simples razão de que o 2.º pilar representa 50% do bolo nacional da PAC quando a média europeia é apenas 20%. E quando se diz que os cortes na PAC incidem sobretudo no 2.º pilar, isso pode significar para Portugal cortes superiores ao dobro da média europeia, e isso é inaceitável. Cabe, por isso aqui recordar, que o Ministro da Agricultura assumiu como grande objetivo, manter o mesmo envelope financeiro da PAC para Portugal. E o Governo português, até agora, falhou rotundamente neste seu objetivo”.
Frisando que “manter o mesmo envelope financeiro da PAC para Portugal é o mínimo que se exige ao Governo”, António Lima Costa vincou que, contrariamente ao afirmado pelo PCP, a PAC “é o instrumento mais poderoso para a modernização da nossa agricultura”. “Porque é que a agricultura portuguesa competitiva, moderna, inovadora, exportadora, os assusta tanto?” Questionou o social-democrata à bancada comunista, realçando que essa agricultura gera emprego e crescimento económico e “tem contribuído de uma forma extraordinária para cumprirmos o desígnio nacional de atingirmos, a média prazo, o equilíbrio da nossa balança comercial agroalimentar”.

30-05-2018 Partilhar Recomendar
12-06-2019
Nuno Serra: “a Produção Agrícola e o Ambiente só podem viver juntos”
    O social-democrata criticou “a visão distorcida e radical” dos partidos mais à esquerda.
12-06-2019
“Os empresários agrícolas dão um enorme contributo para a coesão territorial e crescimento económico do país”
    António Lima Costa rejeitou liminarmente a ideia de “diabolização daqueles que são os únicos que investem e apostam no nosso mundo rural”.
29-05-2019
Nuno Serra critica “interesses populistas e demagógicos” de BE e PAN
    O deputado considera que esta visão impede estes partidos de compreenderem a importância da atividade cinegética.
10-05-2019
Fundo de Solidariedade Europeu: atitude do Governo foi “vergonhosa, egoísta e imoral”
    António Costa Silva revelou que “mais de metade do montante do Fundo de Solidariedade foi aplicado em despesas que deviam ser assumidas pelo Orçamento do Estado”.
11-04-2019
Proibição da venda de frutas e legumes acondicionados em cuvetes que contenham plástico ou poliestireno trará custos para os produtores agrícolas
    António Lima Costa manifestou a preocupação dos sociais-democratas com esta situação.
10-04-2019
Seca: Cristóvão Crespo contesta “falta de visão a longo prazo dos responsáveis governamentais”
    O parlamentar considera que até ao pretenso plano nacional de regadio falta uma perspetiva estratégica e integrada.
05-04-2019
Fundos Comunitários: Portugal regista uma “execução desastrosa”
    António Costa Silva contraria a propaganda do governo e fala numa execução de apenas 33%.
15-03-2019
Planeamento: mudou o Ministro, mas mantêm-se os anúncios, propaganda e meias-verdades
    Luís Leite Ramos considerou ainda que nenhum governo foi “tão centralista como este”.
15-03-2019
Governo está a falhar na execução dos fundos comunitários e a prejudicar Portugal
    António Costa e Silva criticou a baixíssima taxa de execução do executivo.
22-02-2019
O governo falhou o objetivo de evitar perdas de fundos comunitários
    António Costa da Silva lamenta a incapacidade do executivo em garantir esta importante prioridade.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas