Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Portugal 2020: “mostrem-nos os resultados de desempenho e os indicadores de resultados”
António Costa Silva considerou que a reprogramação prevista pelo governo é uma “grande irresponsabilidade”.
“185 milhões de euros para o Alargamento do Metro de Lisboa. Mais 50 milhões para a linha de Cascais. Mais “Betão” para a Proa deste navio que é Portugal. Mais transportes para a proa do navio. Mais pessoas para a proa do navio. Mais carros para a proa deste navio que é Portugal. Um dia a proa não vai aguentar. É este o Modelo Socialista? Ou será que, porque o Metro é construído debaixo de terra, ou PS confunde isso com o Interior?” Foi com estas palavras que António Costa Silva iniciou a sua intervenção, esta sexta-feira, no debate agendado pelo PSD sobre o Portugal 2020 e sua reprogramação.
De seguida, o Vice-Presidente da bancada do PSD deixou a garantia de que o “PSD não vai permitir que o governo desvie fundos europeus previstos para o Interior. O PSD está preocupado com uma clara intenção do governo de reprogramar fundos europeus do interior para projetos nos grandes centros urbanos. Essa é uma linha vermelha que não deixaremos que o governo ultrapasse: que sejam utilizados dinheiros do Interior, das regiões de baixa densidade, desfavorecidas, para alimentar grandes projetos nos centros urbanos”.
O social-democrata lembrou ainda a posição assumida pelo autarca de Viseu, de apresentar queixa em Bruxelas contra o exercício de reprogramação do governo, e a opinião dos autarcas do norte classificam Governo de "Robin Hood ao contrário". “No final da terceira reunião da Plataforma de Concertação Intermunicipal da Região Norte, alertou o executivo liderado por António Costa que o Norte não irá ficar «passivo» quanto à possibilidade de desvio de fundos da região para outros fins.”
Quanto à posição do PSD, António Costa Silva enfatizou que os sociais-democratas não são contra o alargamento do metro de Lisboa. “O que não faz sentido é não serem canalizadas verbas que têm como objetivo a Convergência e serem canalizados para as Regiões mais ricas. Mais uma vez estamos a desvalorizar a convergência, a baixa densidade e os territórios do interior.” Além disso, refere o deputado, “não estamos perante uma mera reprogramação técnica como nos querem fazer crer, mas sim perante uma reprogramação estratégica. Com esta dimensão da reprogramação, porque é que ninguém nos explica porque foi dispensada a realização de uma avaliação de desempenho? Fogem dela como o «diabo da cruz». Mostrem-nos os resultados de desempenho. Mostrem-nos os indicadores de resultados. Que grande irresponsabilidade está a acontecer.”
A terminar, António Costa Silva deixou o apelo aos restantes partidos: “não nos deixem isolados na defesa das Regiões de Convergências.”

20-04-2018 Partilhar Recomendar
05-04-2019
Fundos Comunitários: Portugal regista uma “execução desastrosa”
    António Costa Silva contraria a propaganda do governo e fala numa execução de apenas 33%.
15-03-2019
Planeamento: mudou o Ministro, mas mantêm-se os anúncios, propaganda e meias-verdades
    Luís Leite Ramos considerou ainda que nenhum governo foi “tão centralista como este”.
15-03-2019
Governo está a falhar na execução dos fundos comunitários e a prejudicar Portugal
    António Costa e Silva criticou a baixíssima taxa de execução do executivo.
22-02-2019
O governo falhou o objetivo de evitar perdas de fundos comunitários
    António Costa da Silva lamenta a incapacidade do executivo em garantir esta importante prioridade.
22-02-2019
PSD exige ao governo que coloque a agricultura, a floresta, o Interior e o Mundo Rural no topo das suas preocupações
    A exigência foi deixada por António Lima Costa no Plenário.
22-02-2019
Fundos de Coesão: Portugal viu a sua verba diminuída em 7%
    Duarte Marques considera que a negociação feita pelo Ministro Pedro Marques “foi péssima”.
22-02-2019
Fundos Comunitários: ausência de capacidade negocial do governo está patente na diminuição do pacote financeiro para Portugal
    Emília Cerqueira lamenta que o governo se tenha conformado com o que os parceiros europeus lhe iam impondo.
30-05-2018
Fundos Comunitários: governo deve ter uma posição firme e defender com intransigência os interesses de Portugal
    Ana Oliveira considera que a proposta apresentada pela Comissão Europeia não favorece Portugal.
30-05-2018
Fundos Comunitários: Regiões Ultraperiféricas devem ser favorecidas
    António Ventura defendeu o reforço das verbas do Programa POSEI para os Açores e Madeira.
30-05-2018
Governo “falhou rotundamente” no objetivo de manter o mesmo envelope financeiro da PAC
    António Lima Costa alerta que Portugal pode sofrer cortes superiores ao dobro da média europeia.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas