Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Incêndios: “temos hoje um país sem meios e sem uma estratégia sustentável para combater os fogos”
Nuno Serra lamenta que “o Governo continue fechado na sua propaganda, desprezando qualquer conselho ou proposta da oposição”.
“Este debate demonstra bem aquilo que o PSD tem denunciado nos últimos tempos: uma campanha de propaganda tóxica que o governo tem realizado para tentar branquear as falhas que existiram no combate aos incêndios do ano passado, e que não tem deixado o próprio governo preparar a próxima época de incêndios. O que temos hoje é um país sem meios e sem uma estratégia sustentável para combater os fogos rurais”. Foi com estas palavras que Nuno Serra iniciou a sua intervenção, esta quinta-feira, no debate sobre a preparação da época de incêndios.
De seguida, o social-democrata frisou que se a visão do que é a preparação do combate já é aterradora, o que está ao nível da prevenção florestal não é melhor. “A atitude continua a ser culpar os proprietários, os habitantes do mundo rural, agravando e intensificando os problemas das suas economias, onde naturalmente se insere a gestão sustentável dos combustíveis, mas que este governo, com meia dúzia de soluções avulsas apresentadas se afastam cada vez mais do saber científico ou empírico. A aposta na aparente ilusão de que faz prevenção, está a cegar o poder político e engana os cidadãos e opinion markeres, que de repente já todos sabem como fazer para prevenir e combater os fogos florestais”.
Criticando a postura do executivo, que acusou de andar em “campanha eleitoral permanente”, o deputado lembrou que o governo começou por acusar os eucaliptos pela dimensão dos fogos. Depois “culpabilizou os proprietários pela má gestão dos seus terrenos e responsabilizou-os de prejudicar terceiros, duplicando as coimas e impondo prazos absurdos. E ainda criou novas obrigações legais sem qualquer rigor técnico, cujo efeito tem precisamente o oposto ao pretendido: aumentam a produtividade primária, isto é o crescimento dos matos, tornado mais frequente a necessidade da sua gestão e consequentemente encarecendo-a cada vez mais e inviabilizando a rentabilidade do território”.
Face a este cenário, Nuno Serra declarou que “cortar árvores junto das casas, com distâncias patéticas, e roçar mato na berma da estrada não é o que se esperava da prevenção estrutural que Portugal merecia depois do que aconteceu no ano passado. A prevenção estrutural ao nível da silvicultura é muito mais que isso”.
Lamentando que o governo continue fechado na sua propaganda, desprezando qualquer conselho ou proposta da oposição, Nuno Serra concluiu afirmando que o executivo não pode continuar a usar a floresta como uma moeda de troca política ou uma forma fácil de fazer propaganda.

04-04-2018 Partilhar Recomendar
06-07-2020
Bombeiros envolvidos no combate aos incêndios rurais não receberam pagamento de junho
    Para o PSD, “esta situação é lamentável, uma verdadeira vergonha para o país e um tremendo desrespeito pelos homens e mulheres que arriscam a própria vida para proteger os seus concidadãos”.
02-07-2020
“O PSD está na defesa absolutamente intransigente das nossas forças de segurança e forças policiais”
    André Coelho Lima recusa uma diminuição dos efetivos das forças e serviços de segurança.
02-07-2020
Governo respondeu ao desembarque de emigrantes ilegais com “incapacidade e incompetência”
    André Neves entende que estes casos passam aos nossos parceiros a imagem de Portugal não consegue lidar com este problema.
02-07-2020
PSD enaltece papel das forças de segurança durante a pandemia
    Sara Madruga da Costa afirmou ainda que, tal como os profissionais de saúde, as forças de segurança têm e tiveram um papel muito importante no Estado de Emergência e no Estado de Calamidade.
02-07-2020
Populações do Interior sentem-se inseguras e desprotegidas
    Duarte Marques afirma que este sentimento é consequência da cada vez menor presença de efetivos das forças de segurança.
26-06-2020
Dívidas do Governo aos bombeiros podem fazer perigar a capacidade operacional das corporações
    Cancela Moura apelou ao Governo para que pague os 30 milhões euros que deve aos bombeiros.
23-06-2020
Voos da Sevenair: Finanças atrasam pagamentos aos agentes da GNR que prestam serviço nos aeródromos
    Para o PSD, é “inaceitável que estes serviços gratificados em aeródromos estejam com um atraso de 18 meses”.
18-06-2020
Pedrógão Grande: últimos 3 anos marcados pelos atrasos, falhas e falta de transparência
    O PSD agendou um debate de atualidade para fazer o ponto de situação e tirar as devidas ilações sobre o que foi anunciado e o que efetivamente foi feito.
04-06-2020
Governo voltou a tributar as compensações e subsídios auferidos pelos bombeiros voluntários
    Jorge Paulo Oliveira recorda que a isenção, criada em 2013 pelo PSD, foi retirada em 2017 pelos socialistas.
27-05-2020
Incêndios: há quatro distritos sem qualquer meio aéreo e oito com falta de meios
    Duarte Marques manifestou a preocupação do PSD com a preparação da época de combate aos incêndios.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
14-07-2020 Comissões parlamentares
15-07-2020 Comissões parlamentares
16-07-2020 Comissões parlamentares
17-07-2020 Comissões parlamentares
22-07-2020 Sessão Plenária
23-07-2020 Sessão Plenária
24-07-2020 Comissões parlamentares
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas