Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD quer que as faturas dos combustíveis passem a ser detalhadas
Segundo Fátima Ramos os contribuintes têm o direito a conhecer os impostos que pagam.
Fátima Ramos apresentou, esta quinta-feira, o Projeto de Resolução do PSD que recomenda ao governo que reforce a informação dada aos consumidores nas faturas relativas à comercialização de combustíveis.
Segundo a deputada, a iniciativa do PSD vai no sentido de defender os Direitos dos Consumidores, uma vez que o direito à informação não está a ser integralmente respeitado. “As faturas passadas nas estações de abastecimento de combustível não apresentam o detalhe necessário para que o consumidor possa compreender o preço final”.
De seguida, Fátima Ramos enfatizou que o princípio da transparência constitui uma das traves mestras de qualquer sistema fiscal e a simplicidade do mesmo, uma condição essencial a um país desenvolvido e justo. “Os contribuintes têm o direito a conhecer os impostos que pagam, o seu montante e o motivo das suas oscilações. Mesmo quando o preço do barril de petróleo diminui os portugueses pagam mais pelo combustível. O valor que pagamos deve-se muito aos impostos, pois em média um português para comprar um litro de gasolina gasta 2,91% do salário diário. O governo pinta a realidade com as cores da fantasia, os anúncios sucedem-se, mas não passam disso mesmo. Dão com uma mão enquanto tiram com outra. Pior, tiram a todos, ricos e pobres, de forma igual”.
Precisamente no que respeita à atuação do governo, Fátima Ramos lamentou que o executivo opte por subir os impostos indiretos por saber que são menos notados pelas pessoas. “É o denominado efeito de anestesia fiscal. Para alcançar os seus objetivos, despreza o facto de serem impostos mais injustos em que tanto paga o pobre como o rico. No caso do Imposto Sobre os Produtos Petrolífero, ainda é mais grave. São normalmente as pessoas que vivem nas regiões mais pobres, com menos transportes públicos, que mais têm de usar o carro e nunca estes impostos indiretos foram tão elevados. O governo governa às escondidas. Mostra o que é bom, esconde o que é desagradável. Não pactuamos com esta forma de atuar”.
Enfatizando que é com o intuito de dar mais transparência a esta situação, remata Fátima Ramos, que vai a iniciativa do PSD. “Esperamos que todos os deputados, da esquerda à direita, estejam em concordância com este objetivo, em prol dos interesses dos consumidores portugueses”, concluiu.

08-02-2018 Partilhar Recomendar
31-01-2019
Programa Nacional de Investimentos é um “Plano Eleitoral” do PS
    Carlos Peixoto considera que este Programa é “pura banha da cobra” e “pura propaganda” socialista.
31-01-2019
Programa Nacional de Investimentos 2030: Algarve volta a ter más notícias
    José Carlos Barros considerou “insultuosa” a ausência da região algarvia do plano para a ferrovia.
31-01-2019
“O que é que este governo tem contra as populações do distrito de Bragança?”
    Adão Silva afirmou que o Programa Nacional de Investimentos 2030 apenas contempla algumas “migalhas” para a região.
23-01-2019
Partidos da geringonça esqueceram-se do que reivindicaram e prometeram quando estavam na oposição
    Carlos Silva frisou que compete a estes partidos cumprir a palavra e resolver os problemas de acessibilidade e mobilidade em Vila Franca de Xira.
16-01-2019
CTT: PSD sublinha importância da fiscalização do contrato de concessão
    Joel Sá afirmou esperar que a ANACOM cumpra o seu papel de Entidade Reguladora.
10-01-2019
Novo aeroporto: “estamos perante 3 anos perdidos”
    Emídio Guerreiro acusou ainda o governo de avançar com a solução do novo aeroporto no Montijo por razões eleitorais.
20-12-2018
“Alteração ao Regime Excecional para a Reabilitação Urbana exige muita ponderação e prudência”
    O alerta foi deixado por António Topa.
12-12-2018
Carlos Silva aconselha Ministro do Planeamento e das Infraestruturas: “pare, escute e olhe”
    O social-democrata apelou ao governante para que “pare com a propaganda, escute os portugueses e olhe para a realidade sem fantasias”.
12-12-2018
Modelo de governação do Ministro do Planeamento e das Infraestruturas resume-se a dois princípios: cativar e prometer
    Paulo Rios de Oliveira ironizou que quando esses princípios falham a resposta é sempre a mesma: “a culpa é do PSD”.
12-12-2018
Pedro Marques é o “ministro da propaganda eleiçoeira”
    Luís Leite Ramos acusou o governante de ser a “voz-off do mega spot eleitoral de um governo faz de conta”.
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas