Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Política Europeia: Miguel Morgado assinala “problema grave de amnésia” de António Costa
O Vice-Presidente da bancada do PSD aproveitou ainda para sublinhar a posição do PSD em relação à entrada de Portugal na Cooperação estruturada Permanente.
No debate preparatório do Conselho Europeu, Miguel Morgado colocou em evidência a mudança de opinião do Primeiro-Ministro em relação à União económica e monetária. Recordando que António Costa disse há 2 anos que este tema era tabu, o Vice-Presidente da bancada do PSD apelou ao governante para que ultrapasse o seu “problema grave de amnésia” e se lembre que as propostas que a Comissão Europeia agora apresenta refletem, em larga escala, o relatório dos 5 Presidentes, que data de junho de 2015, e que contou com propostas do governo liderado pelo PSD. Lembra o social-democrata que, durante um ano, o PSD desafiou o governo a continuar o apoio a estas propostas. “Durante um ano o senhor nada disse sobre o assunto e, finalmente, quando percebeu que não tinha outra estratégia, veio falar que afinal apoiava o Fundo Monetário Europeu, o suporte orçamental para o Fundo de Resolução, um Fundo Europeu de Garantia de Depósitos, tudo propostas de 2015”.
Depois de escutar António Costa afirmar que existem propostas neste pacote com as quais não concorda, o deputado solicitou ao socialista para dizer quais são essas propostas e desafiou o governante a dizer se concorda com a proposta de criar um Ministro das Finanças Europeu.
No que respeita à entrada de Portugal na Cooperação estruturada Permanente, Miguel Morgado anunciou a posição favorável dos sociais-democratas, mas assinalou as três condições do PSD: “esta Cooperação estruturada Permanente não pode constituir uma relação adversarial com a nossa participação na NATO, a evolução da Cooperação estruturada Permanente não deve caminha para a construção de um exército europeu, nem deve obedecer ao princípio da especialização nas valências das forças armadas”.
A terminar, Miguel Morgado frisou que é preciso que haja uma declaração formal que encaminhe a evolução da Cooperação estruturada Permanente para o futuro e que deve estar associada à subscrição portuguesa da notificação.

06-12-2017 Partilhar Recomendar
12-07-2018
Nilza de Sena reeleita presidente da Comissão de Assuntos Económicos da OSCE
    A deputada do PSD foi ainda nomeada Vice-Presidente do PPE na OSCE.
12-07-2018
Inês Domingos acusa o governo de não estar empenhado na reforma da união económica e monetária
    A deputada considera que este é um tema fundamental para Portugal por causa da fragilidade que resulta de termos um sistema bancário ainda com muitas dificuldades.
12-07-2018
BREXIT: é fundamental que o governo português acompanhe as negociações de forma a salvaguardar os nossos interesses
    Carlos Gonçalves enfatiza que os cerca de 400 mil portugueses que ali residem devem merecer uma atenção especial do executivo.
20-06-2018
Fernando Negrão desafia António Costa a acabar com “o discurso amável e subordinado”
    Perante o anúncio de cortes nos fundos comunitários, o líder parlamentar do PSD exigiu uma posição firme por parte do governo português.
20-06-2018
“Reformas estruturais arrepiam o Primeiro-Ministro”
    Maria Luís Albuquerque enfatiza que o país precisa dessas reformas e que o governo tem obrigação de as levar a cabo.
20-06-2018
Rubina Berardo desafiou o Primeiro-Ministro a concertar esforços com os nossos parceiros europeus para evitar cortes na PAC
    A Vice-Presidente da bancada do PSD alertou para as consequências desses cortes.
18-05-2018
Duarte Marques: “Portugal é um dos países que mais tem a ganhar com a participação europeia”
    O deputado destacou as oportunidades que as verbas da coesão trazem ao país e defendeu que os territórios de baixa densidade devem ser valorizados na distribuição das verbas.
09-05-2018
Europa: PSD não aceita cortes na Política de Coesão e na Política Agrícola Comum
    Rubina Berardo frisou que os sociais-democratas tudo farão para defender os interesses de Portugal.
15-03-2018
Brexit: proteção dos direitos dos nossos cidadãos a residir no Reino Unido é uma prioridade para o PSD
    Carlos Gonçalves recordou ao Primeiro-Ministro que vivem 400 mil portugueses no Reino Unido.
15-03-2018
Europa: discurso do governo varia conforme a plateia que tem pela frente
    Rubina Berardo considera que a “espargata que o governo tenta fazer entre as conversas que tem no Conselho Europeu e as conversas que tem com os seus parceiros de governo não é recomendável nem credível”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas