Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Carla Barros fala em “encenação” da esquerda na regularização extraordinária dos vínculos precários
Segundo a deputada estes partidos preparam-se para criar graves “injustiças e desigualdades”.
No debate sobre a regularização extraordinária dos vínculos precários, Carla Barros classificou a postura dos partidos da esquerda como sendo de “encenação” e de “faz de conta”. Recordando que, há dois anos, estes partidos prometeram a integração dos 116 mil trabalhadores precários na administração pública, a parlamentar considerou que esta intenção da esquerda é “opaca e pouco credível”. Dirigindo-se às bancadas que suportam o governo, a social-democrata afirmou que “os trabalhadores vão perder rendimentos, quase na ordem dos 50%. Os senhores vão despedir. Os senhores estão a criar injustiças e desigualdades entre trabalhadores que estão há décadas com vínculos precários e trabalhadores que foram recentemente admitidos. Os senhores não apresentaram impactos orçamentais sobre esta proposta e também não apresentaram nenhum diagnóstico de necessidades de recursos humanos e de onde fazem falta trabalhadores”, criticou.
Lamentando a incapacidade da esquerda em enquadrar esta proposta numa verdadeira reforma da administração pública, Carla Barros concluiu a sua intervenção acusando a esquerda de estar a criar uma medida que consiste numa “verdadeira hipocrisia política”.

13-10-2017 Partilhar Recomendar
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas