Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Sistema da Carta por pontos é mais intuitivo e transparente
Carina João saudou o Governo por avançar para este sistema.

No debate da alteração ao Código da Estrada que visa introduzir o sistema da Carta por pontos, Carina João começou por saudar e louvar o Governo pela concretização do que já vem expresso na Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária desde de 2009 cujo objetivo último é aquele que nos move: salvar vidas na estrada.

De seguida, a deputada recordou que a Carta por pontos já existe na maior parte dos países da europa, alguns desde 1974, mas desde 1994 que o regime de carta de condução em Portugal já é, na sua filosofia e aplicação prática, em tudo semelhante àquilo que agora se propõe: “a um determinado número de contraordenações graves/muito graves e respetivo cumulativo, assim correspondem sanções e cassações de carta. Agora está apenas traduzido em numérico: a cada condutor 12 pontos, às contraordenações graves/muito graves, assim são subtraídos pontos em função da natureza e cúmulo de infrações. É mais intuitivo e mais transparente”.

No que respeita à penalização acrescida à subtração de pontos em caso de crimes de natureza rodoviária e por efeito de álcool, a social-democrata afirmou que a bancada do PSD não hesitará em apoiar todas as medidas que forem tomadas no sentido de prevenir e penalizar esses comportamentos.

No que respeita aos efeitos “positivos” na tradução de comportamentos em pontos positivos, Carina João frisou que “o sistema de premiar condutores que durante 3 anos tenham cadastro limpo, com +3 pontos (até um máximo de 15 pontos) é de justiça para quem anda na estrada a cumprir as regras. É de justiça também que essa diferenciação se faça para condutores profissionais, baixando esse período para os 2 anos de cadastro limpo, fruto da frequência com que esses condutores exercem as suas funções e da probabilidade também de autuação por parte das forças de segurança”.

A terminar, a parlamentar pediu ao Governo a sensibilidade para as alterações que este Parlamento vai querer introduzir na especialidade. “Da parte do PSD e o CDS queremos ver incluído nestas alterações a revalidação de conhecimentos como forma de aumentar a capacidade de conhecimentos dos condutores e como forma de premiar, ainda que simbolicamente, esse fator diferenciador e positivo. A renovação da carta de condução em Portugal é meramente administrativa. Tantas vezes esquecemos os sinais, tantas são as alterações tecnológicas, tantas as mudanças de desenho urbano, que o contacto de novo com as regras e formas dos sinais de trânsito, são um contributo que pode ajudar a melhorar a forma da condução. Para o PSD a carta de condução tem que ser mais do que um papel que se tem na mão”.


24-06-2015 Partilhar Recomendar
18-06-2019
Fernando Negrão acusa António Costa de “não ser um Primeiro-Ministro para o povo”
    O líder parlamentar do PSD destacou ainda a “falta de transparência” do governo no processo de reconstrução das casas atingidas pelos incêndios.
30-05-2019
Cristóvão Crespo preocupado com o despejo do Posto Territorial de Avis da GNR
    O social-democrata pediu esclarecimentos ao Ministro sobre esta situação.
29-05-2019
Incêndios: os portugueses podem confiar nos bombeiros e nas forças de segurança, mas não podem confiar no governo
    Duarte Marques considera que a incompetência do governo levou a que se voltasse a falhar na preparação atempada da época de fogos.
15-05-2019
Lei da liberdade sindical: Carlos Peixoto recorda que a proposta do governo “nasceu torta”
    O Vice-Presidente da bancada do PSD elencou os contributos imprescindíveis do PSD para “endireitar” esta proposta.
13-05-2019
Cativações e cortes no investimento. “Chama a isto boa gestão das contas públicas?”
    Fernando Negrão acusou António Costa de fazer um “brilharete nas contas” à custa de corte no investimento.
16-04-2019
Violência Doméstica: Ângela Guerra defende a importância de consensos políticos
    A parlamentar frisou que o Parlamento tem a responsabilidade de dar resposta a todas as vítimas deste crime.
16-04-2019
Violência Doméstica: “é preciso mais luta contra o luto”
    Sandra Pereira apresentou 5 iniciativas do PSD para combater este flagelo.
10-04-2019
“O PS não tem noção da destruição que deixou no país e em que deixou os portugueses”
    Duarte Marques criticou a “desonestidade intelectual” dos socialistas e lamentou que não valorizem o esforço feito pelos portugueses.
03-04-2019
Segurança: governo tem problemas sérios no confronto com a realidade
    Segundo Luís Marques Guedes os recursos humanos e os meios orçamentais alocados à segurança diminuíram com este governo.
03-04-2019
Governo só veio criar confusão e propaganda no combate aos incêndios
    Duarte Marques alertou que todas as autoridades estão desiludidas com as alterações promovidas pelo executivo.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas