Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Os transportes aéreos são essenciais para reduzir os constrangimentos da insularidade”
Cláudia Monteiro Aguiar afirmou que importa encontrar uma medida que respeite um princípio de investimento social e de solidariedade.

A Assembleia da República debateu, esta quinta-feira, a Proposta de Lei da Assembleia Legislativa da Madeira que regula a atribuição de um subsídio social de mobilidade aos cidadãos beneficiários, no âmbito dos serviços aéreos entre o Continente e a Região Autónoma da Madeira. Na bancada do PSD, Cláudia Monteiro Aguiar afirmou que “os transportes aéreos são, sem margem de dúvida, essenciais para reduzir os constrangimentos da insularidade”. A social-democrata recordou que qualquer cidadão, residente em Portugal continental, usufrui de facilidade de transportes a custos mais acessíveis para se deslocar desde o Minho ao Algarve. Ainda a este respeito, é, para deputada, uma “situação particularmente sensível” a que afecta os estudantes Madeirenses que têm de frequentar o Ensino Superior fora da Região, pois “vêem aumentar drasticamente os custos da sua formação, com as despesas de deslocação por via aérea, em constante aumento”. “Tal não pode constituir mais um motivo de abandono escolar, nem tão pouco configurar uma desigualdade no acesso ao ensino superior”, afirmou.

“Importa encontrar uma medida concreta que respeite um princípio de investimento social e de solidariedade, mas a solução que preconizamos, não é a constante da presente Proposta de Lei que, apesar de ser mais um contributo e uma reflexão sobre esta questão, não merece a nossa concordância”. Cláudia Aguiar afirmou, ainda, que esta questão não deve ser considerada fora do quadro do Orçamento do Estado e sem se ter em consideração a conjuntura actual.

A concluir a sua intervenção, a parlamentar declarou que “o propósito é bom, a opção não é a correcta, a conjuntura não é de todo a adequada, mas confiamos que, em oportunidade orçamental mais propícia ao exercício o Estado assuma neste particular, em nome da coesão económica, social e territorial, o integral cumprimento da Constituição”.

06-10-2011 Partilhar Recomendar
17-07-2019
Centralismo de Lisboa prejudica funcionamento da ADSE
    Sara Madruga da Costa, Rubina Berardo e Paulo Neves denunciaram o mau funcionamento da ADSE.
17-07-2019
PSD não desiste de reivindicar melhor ADSE na Madeira
    Sara Madruga da Costa e Paulo Neves reuniram com a Presidente da ADSE.
10-07-2019
“A Madeira merece tratamento institucional digno e imparcial”
    Rubina Berardo lembrou ao Primeiro-Ministro que “a Madeira é terra de gente livre”.
10-07-2019
Sara Madruga da Costa reivindica melhor acesso da GNR aos cuidados de saúde na Madeira
    A deputada reuniu com a Delegação Regional da Associação Profissional da Guarda APG-GNR e prometeu confrontar o Ministro da Administração Interna com esta questão.
27-06-2019
Sara Madruga da Costa lembra vitória no apoio às artes e aos artistas madeirenses
    A parlamentar, juntamente com Rubina Berardo, reuniram com candidatos os madeirenses ao Programa Nacional de Apoio Sustentado 2020-2021.
19-06-2019
Deputados da Madeira levam fim da Tarifa da TAP do Desporto à Assembleia da República
    Os parlamentares consideram que decisão da companhia aérea “acentua uma desigualdade geográfica aos desportistas da Madeira e do Porto Santo”.
19-06-2019
Financiamento do novo Hospital da Madeira “não ata nem desata”
    Sara Madruga da Costa e Paulo Neves acusam o governo de continuar a querer "fazer contas com o património alheio".
07-06-2019
Deputados do PSD eleitos pela Madeira reúnem com estruturas sindicais dos enfermeiros
    Os parlamentares assinalaram que António Costa “tem maltratado os enfermeiros”.
30-05-2019
“O Governo tem uma agenda anti-Madeira”
    Sara Madruga da Costa entende que o executivo tem “uma estratégia para desvalorizar a Madeira”.
10-05-2019
Bancadas do PS, BE e PCP “são a lavandaria política do governo socialista”
    No debate sobre o Fundo de Solidariedade Europeu, Rubina Berardo acusou as bancadas da esquerda de branquearem a atuação do governo.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas