Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“O PSD está na defesa absolutamente intransigente das nossas forças de segurança e forças policiais”
André Coelho Lima recusa uma diminuição dos efetivos das forças e serviços de segurança.
Partilhar  
Governo respondeu ao desembarque de emigrantes ilegais com “incapacidade e incompetência”
André Neves entende que estes casos passam aos nossos parceiros a imagem de Portugal não consegue lidar com este problema.
Partilhar  
PSD enaltece papel das forças de segurança durante a pandemia
Sara Madruga da Costa afirmou ainda que, tal como os profissionais de saúde, as forças de segurança têm e tiveram um papel muito importante no Estado de Emergência e no Estado de Calamidade.

Apesarde reconhecer a importância do tema levado a debate pelo CDS, “Autoridade doEstado e Segurança dos Cidadãos”, Sara Madruga da Costa afirmou que, nestemomento, a grande preocupação dos portugueses em matéria de segurança interna éa sua própria segurança sanitária. “Numa altura de pandemia, em que as coisasnão têm corrido bem, sobretudo em Lisboa, o que preocupa os portugueses é agarantia da sua própria segurança. E este problema não se resolve com oagravamento das penas ou com o agravamento da moldura penal.”

Paraa deputada, as iniciativas do CDS passam ao lado das preocupações mais... (ver mais)

Partilhar  
Populações do Interior sentem-se inseguras e desprotegidas
Duarte Marques afirma que este sentimento é consequência da cada vez menor presença de efetivos das forças de segurança.
Partilhar  
Sobrelotação dos transportes públicos é uma questão de saúde pública
“Andar de sardinhas em lata antes do COVID-19 era uma questão e desconforto, agora passou a ser uma questão de saúde pública", referem os deputados do PSD.

O PSD entende que este é um momento crítico em que ou as autoridades de saúde tomam medidas sérias e reforçadas para o controlo da pandemia, ou continua tudo na mesma. Na Interpelação ao Governo sobre “a resposta à COVID-19 na Grande Lisboa nos transportes e na habitação”, Carlos Silva recordou que, de acordo com as autoridades, é nos transportes públicos que se concentram os principais focos de propagação do surto. “Por isso, o PSD está preocupado com o crescente aumento da procura dos mesmos, resultado... (ver mais)

Partilhar  
Educação: “as vulnerabilidades económicas não devem ser motivo de exclusão”
De acordo com Isabel Lopes, o PSD preconiza um Programa de bolsas sociais para evitar o abandono escolar.
O PSD entende que “é urgente definir o modelo de funcionamento do próximo ano letivo”. Com o próximo ano envolto numa grande incerteza e com o Orçamento Suplementar a ignorar os impactos graves em termos sociais criados pela pandemia, Isabel Lopes afirma que o Governo deve criar medidas musculadas de apoio aos alunos, mas também às Instituições de Ensino Superior que precisam de um reforço financeiro de forma a garantir a sua sobrevivência.
De seguida, a parlamentar referiu que o PSD defende que o Governo deve criar um Programa de adaptação Tecnológica que contemple investimentos em tecnologias de suporte, produção de conteúdos, formação de Professores bem como o reforço das infraestruturas e a aquisição de dispositivos móveis e respetivo acesso à internet para... (ver mais)
Partilhar  
O acesso dos portugueses à saúde é uma “Via Sacra”
António Maló de Abreu recordou que os atrasos no setor já se vinham a agravar antes da pandemia.
António Maló de Abreu alerta que, para muitos portugueses, o acesso à saúde de que necessitam é uma “Via Sacra”, adiantando o deputado que “a procissão saiu do adro muito antes da pandemia.”
No debate de iniciativas com vista à recuperação da atividade programada no Serviço Nacional de Saúde, o deputado recordou que os dados do próprio governo revelam que diminuiu o número de cirurgias programadas nos hospitais entre 2017 e 2018, que diminuiu o número de consultas médicas presenciais nos cuidados primários entre 2015 e 2018 e que o tempo médio de resposta a doentes operados aumentou de 27 para 39 dias e o número de doentes em espera para uma operação aumentou de 197 para 245 mil.
Com a pandemia, sabemos que o acesso ao SNS piorou muito, tendo a própria Ministra... (ver mais)
Partilhar  
Dívidas do Governo aos bombeiros podem fazer perigar a capacidade operacional das corporações
Cancela Moura apelou ao Governo para que pague os 30 milhões euros que deve aos bombeiros.
José Cancela Moura colocou em evidência a “aberrante inversão de valores e prioridades” do governo. Na Apreciação Parlamentar do Decreto-Lei que estabelece um regime temporário e excecional de apoio às associações humanitárias de bombeiros, o deputado afirmou que para propaganda, a pretexto de publicidade institucional, o governo deu 15 milhões. “Para salvar uma reversão mal feita, 1200 milhões. Para emendar a mão em outro negócio mal-amanhado, o Novo Banco, 850 milhões. Para o lay-off de gerentes de micro e pequenas empresas, zero. Para premiar o desempenho dos profissionais de saúde, zero. Para os bombeiros, zero.”
De acordo com Cancela Moura, o Governo diz que criou um pacote de medidas de apoio excecional aos Bombeiros, mas afinal não deu rigorosamente nada às... (ver mais)
Partilhar  
Recompra da TAP foi “um dos negócios mais ruinosos da história”
Cristóvão Norte fala num "embuste sem paralelo".
Partilhar  
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas