Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Paulo Rios de Oliveira: Portugal apresenta um crescimento económico “miserável”
O deputado culpa o governo e defende uma efetiva descida de impostos e uma aposta no investimento.
Paulo Rios de Oliveira confrontou o Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital com os dados e as afirmações do executivo em relação ao crescimento económico. No debate do Programa do Governo, o social-democrata referiu que “quando o governo, orgulhoso, afirma que Portugal cresce mais do que a média europeia, está a induzir nos portugueses a ideia de que Portugal é o campeão do crescimento. E nós sabemos que não é verdade, Portugal cresce mais que a média porque cresce mais que os grandes países, mas quando nós nos comparamos com os países do «nosso campeonato», o nosso crescimento é mínimo, é miserável”.
O parlamentar enfatizou que Portugal tinha e tem de crescer mais. “Este crescimento não é suficiente e nós não podemos continuar a dizer aos... (ver mais)
Partilhar  
Pedro Rodrigues alerta que o “governo se prepara para ser o campeão das promessas digitais”
O deputado afirma que em vez de medidas concretas, o Programa do Governo traz um “conjunto de perplexidades, algumas dúvidas e uma série de incertezas”.
“O Governo decidiu sublinhar como desafio estratégico para os próximos 4 anos a transição digital da economia portuguesa. Enquanto objetivo fundamental do país e da economia nacional, o PSD não pode deixar de o saudar. Esperaríamos, contudo, que do Programa do Governo resultasse uma estratégia clara, resultassem respostas concretas e que colocassem ao país um caminho determinado sobre como a economia portuguesa pode enfrentar os desafios que se nos colocam com a economia digital”. Foi com estas palavras que Pedro Rodrigues começou por reagir ao discurso do Ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, no debate do Programa do Governo.
De seguida, o social-democrata afirmou que ao ler o Programa do Governo ficou com um “conjunto de perplexidades, com... (ver mais)
Partilhar  
Sandra Pereira diz que Programa do Governo “é uma completa desilusão” em matéria de violência doméstica
A deputada refere que o Programa “é curto, vago, impreciso, não estabelece objetivos e não apresenta medidas concretas”.
Sandra Pereira deu as boas-vindas à Ministra de Estado e da Presidência ao debate sobre o desafio democrático. No debate do Programa do Governo, a parlamentar recordou que esta é uma matéria na qual os sociais-democratas refletem e discutem há muito tempo e até “convocámos o PS para vir a debate connosco sobre as implicações do desafio demográfico, mas o PS recusou-se”.
De seguida, a deputada reafirmou o empenhamento político do PSD no combate às desigualdades, às discriminações e a todas as formas violências, sobretudo a violência contra as mulheres. Dirigindo-se à governante, Sandra Pereira afirmou que esperava que esta fosse uma matéria mais abordada pela Ministra na sua intervenção, acrescentando, contudo, que compreende essa falha, “pois deve ser embaraçoso,... (ver mais)
Partilhar  
Bruno Coimbra: governação recente ficou marcada por “intenções, anúncios e pouca concretização”
O parlamentar frisa que na área do ambiente é necessária uma governação corajosa.
No debate sobre o Programa do Governo e as suas intenções para a legislatura, Bruno Coimbra começou por dizer ao Ministro do Ambiente e da Ação Climática que o que deixa o PSD apreensivo “é que a sua governação recente não passou de muito mais que isso: intenções, anúncios e pouca concretização”. Segundo o deputado o Ministério pode ter a Ação Climática no nome, “mas isso por si só não capta carbono se não houver a coragem para afrontar, incomodar e para implementar as mudanças que se exigem na sociedade, na economia e nas outras áreas da governação”.
Para o social-democrata, na área do ambiente é necessária uma governação corajosa. “É fácil dizer que se governa para 2050, mas a estratégia tem de ser mensurável ao longo do tempo e não pode ter lacunas por onde a... (ver mais)
Partilhar  
Luís Leite Ramos: este não é um Programa do Governo, mas um “catálogo de boas intenções”
O social-democrata entende que estamos perante um “conjunto de generalidades”.
Luís Leite Ramos afirma que no debate do Programa do Governo o executivo veio “repetir o mesmo conjunto de generalidade e os mesmos verbos de encher” com que o governo insuflou o Programa. À força de querer agradar aos seus ex-parceiros, mas não se querendo comprometer com nenhum deles, o social-democrata considera que o governo trouxe “não um programa, mas um catálogo de boas intenções, que eu ousaria dizer geringonçamente correto. O ambiente e ação climática não fogem a esta regra, bem pelo contrário. Ficamos sem saber o que é que o governo quer e muito menos quando e como o pretende fazer”.
No seguimento da intervenção do Ministro do Ambiente e da Ação Climática, Luís Leite Ramos pediu ao governante para esclarecer o que se trata e a que se destina o super fundo... (ver mais)
Partilhar  
Açores: António Ventura elencou o que ficou por fazer nos últimos 4 anos
O deputado desafiou o governo a passar das palavras à ação.
Para António Ventura o Programa do Governo para com os Açores “resume-se a uma mesa e duas cadeiras, ou seja, vão criar um Conselho de Concertação, mas não há nada para falar, o que há é para cumprir”. No debate do Programa do Governo, o social-democrata enfatizou que é necessário cumprir com “a construção dos dois radares meteorológicos, a construção da cadeia de Ponta Delgada, o investimento no Porto da Praia da Vitória, o apoio à Universidade dos Açores e a descontaminação de solos e aquíferos na Praia da Vitória por responsabilidade da presença norte-americana na Base das Lajes”.
Sublinhando que a descontaminação total não foi feita nestes últimos 4 anos, o parlamentar questionou ao Ministro do Ambiente e da Ação Climática qual vai ser a responsabilidade do... (ver mais)
Partilhar  
Emídio Guerreiro acusa o governo de se comportar como as lojas que aumentam os preços antes dos saldos
Na base da acusação está a mudança das datas de encerramento das Centrais do Pego e de Sines.
De acordo com Emídio Guerreiro, uma das novidades do Programa do Governo é a antecipação do prazo de encerramento das centrais de Sines e do Pego. Segundo o Vice-Presidente da bancada do PSD, no Programa Eleitoral do PS, aquele que foi sujeito à votação dos portugueses, os prazos eram outros e dizia-se que o Pego ia fechar em 2023 e que Sines iria fechar em 2027. “A grande novidade é que afinal via fechar em 2021 e 2023. O que o governo fez foi mais ou menos aquilo que aquelas lojas más fazem antes dos saldos, aumentam os preços e depois, quando os saldos começam, baixam o preço para o preço inicial”, ironizou o parlamentar, acrescentado que a Central do Pego tem uma concessão que termina em 2021, ou seja, aquilo que o governo agora vem dizer é que vai cumprir o prazo... (ver mais)
Partilhar  
Fernando Negrão: “este será um Governo para gerir, não para governar”
O parlamentar considera que o Programa do Governo “traz-nos uma mão cheia de nada”.
“Ouvimos todos a apresentação do Primeiro-Ministro do Programa do Governo para os próximos anos. E não há outra forma de o dizer: o que nos fica é que tudo soa ao mesmo.
Soa ao mesmo no otimismo e na confiança no futuro. Soa ao mesmo, na ausência de uma mensagem de estabilidade deste governo minoritário. Soa ao mesmo, na falta de capacidade e de competência. E o pior de tudo, soa a falso as expetativas que cria nos portugueses. A única coisa verdadeira, é que o senhor governa para não perder o poder. E isso não só é verdade, como é a confirmação do que fez ao longo dos últimos quatro anos em que se sentou nessa cadeira”. Estas foram as palavras iniciais de Fernando Negrão no debate do Programa do Governo.
De seguida, o social-democrata afirmou que António Costa... (ver mais)
Partilhar  
Cristóvão Norte: “o crescimento económico não é prioridade para este governo”
A acusação foi deixada pelo deputado no debate do Programa do Governo.
Cristóvão Norte confrontou António Costa com os resultados da política económica do seu governo. O social-democrata fez suas as palavras do Presidente da República, que afirmou que o crescimento económico que se tem verificado não satisfaz, e recordou que, durante a anterior governação de António Costa, Portugal caiu para a 21 posição em termos de PIB per capita entre os 28 Estados-Membros da União Europeia. “A verificar-se esta tendência, não tardará a chegar o dia em que acordaremos como o país mais pobre no continente mais rico do mundo. Esta é uma jornada para o fundo, que só pode contentar quem não tem ambição de construir um país mais próspero e que ofereça melhores serviços aos cidadãos”.
Apesar desta realidade, acrescenta Cristóvão Norte, “a questão do... (ver mais)
Partilhar  
Adão Silva: com o governo de António Costa “os serviços públicos falharam clamorosamente aos cidadãos”
O Vice-Presidente da bancada do PSD alertou que o SNS ficou muito degradado e não responde aos cidadãos.
Perante o anúncio do Primeiro-Ministro de que o Governo vai criar um roteiro para melhorar os serviços do Estado prestados aos cidadãos, Adão Silva foi perentório a assinalar que tal proposta revela que António Costa reconhece que durante a sua anterior governação “os serviços públicos do Estado falharam clamorosamente aos cidadãos”. Para ilustrar esta afirmação, o Vice-Presidente da bancada do PSD referiu que o relatório sobre a ADSE “deixa em pânico os funcionários públicos, pois diz que havia disponíveis cerca de 540 milhões de euros e que a verba está esgotada e que no próximo ano haverá um défice de 17 milhões de euros na ADSE”. Lembrando que em causa estão mais de 1 milhão de funcionários, o social-democrata questionou ao Primeiro-Ministro o que é que o Programa... (ver mais)
Partilhar  
Início Anterior Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas